Siga-nos nas redes sociais

6ª Temporada

The Walking Dead 6ª Temporada – Comentários do episódio 04: “Here’s Not Here” (COM SPOILERS)

Publicado há

em

Post destinado a comentários do episódio “Here’s Not Here” da sexta temporada de The Walking Dead. Muitos spoilers poderão (e serão) encontrados por aqui. Se você ainda não assistiu e não gostaria de ter as surpresas do episódio “estragadas”, não prossiga. Você foi alertado!

Este post está destinado à exposição de ideias sobre tudo o que pode estar acontecendo na série. Utilize os comentários abaixo para compartilhar conosco suas teorias.

SINOPSE: Um novo rosto surge; Ocorrem problemas relacionados a confiança.

Roteiro: Scott M. Gimple | Diretor: Stephen Williams

DISCUSSÃO DE “HERE’S NOT HERE”:

Quando anunciaram que Morgan receberia um episódio explicando sua jornada eu ligeiramente hesitei um pouco. Admito, o personagem de Lennie James nunca foi meu favorito – por mais que nunca tenha deixado de sentir algum tipo de afeto pelo mesmo.

Em resumo, não estava colocando grandes expectativas em “Here’s not Here”, e até cheguei a comentar que tinha medo do resultado que estava vindo – que aliviou bastante quando descobri que era escrito por Scott Gimple. Sendo assim, quando o episódio de uma hora terminou, fiquei boquiaberto! Este foi, com toda a certeza do mundo, um dos mais belos do currículo de The Walking Dead.

O modo como a relação entre Morgan e Eastman se desenvolveu foi magnífica – ainda mais com a química inegável que James e Lynch tiveram durante seu tempo em tela juntos -, e fui pego de surpresa com o destino do queijeiro. Em um estilo ainda inédito na série, focamos mais uma vez na ideia de que ainda existem pessoas boas no mundo, e tivemos um (parafraseando Andrew Lincoln) sensacional filme independente dentro da temporada. Os diálogos, as ações, os eventos: tudo explorado de um modo extremamente poético. No final de tudo, o paralelo entre o modo de agir dos Lobos e Morgan foi como a cereja em cima do bolo. Épico, não tenho palavras.

Não sei como continuar me expressando sobre o assunto, até porque estou meio surpreso com tudo que assisti. Como rotina, assisti ao episódio com meu pai, e assim que tudo terminou, ele – que realmente não é de fazer muitas observações que fujam do lado mais “filosófico” sobre séries/filmes – me disse que “Scott Gimple e o senhor Kirkman não brincam em serviço”. O mais incrível de tudo é que ele está certo.

Alguns pontos a serem destacados:

1. Por que mataram a Tabitha? Eu queria vê-la chegando lá em Alexandria.
2. Direção impecável! Espero que Stephen Williams volte para a próxima temporada.
3. Lennie James é um monstro, pelo amor de Deus.
4. Eu amo este lance de “THEN” e “NOW” como em “No Sanctuary”.
5. A pessoa gritando no final era o Rick! Meus ouvidos detectaram a voz do sir Andrew James Clutterbuck. Está vindo uma grande tempestade por aí!

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA