Siga-nos nas redes sociais

5ª Temporada

Gale Anne Hurd promete muitas perdas tristes no final da 5ª temporada de The Walking Dead

Publicado há

em

Gale Anne Hurd é uma mulher extremamente ocupada. Ela agora está fazendo a produção executiva não de uma, mas duas séries de The Walking Dead para a AMC e também tem um novo documentário sobre Wilma Mankiller que está oferecendo toneladas de brindes de relacionados a The Walking Dead para apoiadores no Kickstarter. Mas ela poupou alguns minutos para conversar com a Entertainment Weekly sobre os últimos desenvolvimentos em Alexandria e o que podemos esperar dos 90 minutos do final da quinta temporada de The Walking Dead.

EW: Esta temporada inteira parece ser sobre a adaptação e as pessoas de fora dos muros tentando aprender a conviver com as pessoas de dentro. O que você pensa: Será que Rick irá longe demais nas cenas da luta puxando aquela arma?

GALE ANNE HURD: Eu diria que ele provavelmente exagerou, e felizmente Michonne estava lá para salvar a todos do que poderia ter vindo em seguida.

Será que as pessoas vão ter que escolher um lado nesta finale?

Gale Anne Hurd: Você sabe, nós temos algumas surpresas na manga – que eu poderia revelar. Mas sim, estamos vendo mais da divisão, não só entre os alexandrinos e nosso grupo, mas dentro do nosso grupo também.

Fiquei surpreso com o apoio que Glenn mostrou quando ele estava tendo essa conversa com Rick e relatando o que aconteceu com Nicholas e Noah.

Gale Anne Hurd: Quando você pensa sobre isso, esta é a melhor imagem que eles tiveram na reprodução da vida antes do apocalipse. Mas é difícil para Rick e Carol, sabendo o que está lá fora, sabendo que este Shangri-La está enfrentando ataques não apenas de walkers, mas também de malfeitores que estão lá fora. Eles sabem que não estão preparados. Eles sabem que precisam deles e é muito difícil para eles sentar e assistir essas pessoas mal equipadas tomar decisões ruins.

rick-pete-the-walking-dead-s05e15-try-001

Eu estava assistindo a uma cena do episódio da próxima semana, onde Carol puxa uma faca para o Pete. Pobre Pete, achei que ele estivesse satisfeito após o ataque de Rick e agora ele tem que lidar com Carol, que poderia ser ainda pior!

Gale Anne Hurd: Bem, você sabe, ele mereceu, tanto quanto eu estou preocupada. Qualquer cara que bate em sua esposa a ponto de que seu filho tem de se trancar em um armário que merece e, provavelmente, muito pior. Mas ninguém suspeitava dele. Tão ruim quanto Rick pode ser, Carol realmente pode ser um inimigo ainda mais perigoso porque ela é disfarçado.

O show teve uma grande reviravolta nesta segunda metade de temporada tirando-os da selva e colocando-os em uma comunidade quase intocada com roupas bonitas e limpas. Você estava animada com essa opção? Nervosa? Ambos?

Gale Anne Hurd: Eu acho que foi uma mistura de medo e entusiasmo. Medo porque a nossa equipe tem estado na estrada por tanto tempo. Eles foram sobrevivendo dia a dia. Realmente era sobre: Será que vamos ter comida suficiente? Será que vamos ter água suficiente? E podemos sobreviver contra os bandidos que nós encontramos também? E como se vê, a pergunta mais importante é, como eles podem sobreviver à civilização? E são capazes de se adaptar? E há histórias suficientes lá para mantê-los interessantes? E, como descobrimos, certamente há.

Como é quando você tem que adicionar não apenas um ator ou dois, mas todo um grupo novo, como o que você fez aqui com Alexandria? Foram impostos quaisquer obstáculos logísticos para você?

Gale Anne Hurd: É difícil. Você tem que encontrar as pessoas certas, os atores certos que entendem que se trata de uma comunidade do elenco e da equipe que se dão melhor do que a maioria das famílias. Eles realmente se importam uns com os outros e tem um ao outro e você quer ter certeza de que você não trazer uma maçã podre que vai arruinar esse sentimento. Felizmente todos – mesmo as pessoas que interpretam os “personagens do mal” – são apenas os atores mais fantásticos e afinados. Eu acho que o nosso produtor Tom Luce teve a maior dor de cabeça, porque, obviamente, quando o elenco aumenta, o mesmo acontece com a folha de pagamento.

the-walking-dead-s05e16-conquer-especulando-001

Onde estão vocês em termos de mapeamento da 6ª temporada?

Gale Anne Hurd: Com sorte, na semana passada, Scott Gimple e sua equipe fantástica de escritores escreveram oito episódios da 6ª temporada e deixe-me dizer, ela vai ser como uma montanha-russa. Está realmente emocionante e também fez com que o nosso produtor começasse a arrancar os cabelos.

Que tipo de papel você vai ter sobre esta parte?

Gale Anne Hurd: Eu preciso estar em dois lugares ao mesmo tempo e eu vou descobrir como fazer isso. Significa simplesmente que o pouco de vida pessoal que me resta será sacrificado. Felizmente, a minha filha está crescida e meu marido é incrivelmente compreensivo. Então eu vou estar na estrada.

Me dê uma boa prévia para o final de 90 minutos.

Gale Anne Hurd: Você pode ter certeza que não só o sangue walker será derramado, mas haverá algumas surpresas e algumas perdas tristes que ninguém, eu acho, vai ser capaz de prever.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly
Tradução: @Jany Caetano / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA