Siga-nos nas redes sociais

4ª Temporada

Scott Gimple fala sobre o “conflito diferente” na 4ª Temporada de The Walking Dead

Publicado há

em

[ALERTA DE SPOILER] Este artigo contém informações sobre o que acontece nos quadrinhos. Leia por sua conta.

Os fãs de The Walking Dead parecem estar tendo um Deja Vu.

A terceira temporada do drama zumbi mostrou uma história dramática entre Rick e o Governador, que, tentando repetidamente sair vitorioso, acabou virando a arma para seu próprio povo e matou Andrea e Merle.

O ato marcou uma sincronia com os quadrinhos de Robert Kirkman, que servem de fonte para o enredo dos episódios, e prolongou a história do Governador, que muitos pensaram que acabaria junto com o fim da 3ª temporada.

Enquanto a 4ª temporada gastou mais tempo explorando a recente história em paralelo do Governador e melhorando personagens tais como Rick, Carol e Hershel, The Walking Dead organizou o cenário de midseason finale onde parece estar contando de novo a mesma história: Rick x Governador. Só que dessa vez, o herói sitiado e o vilão caolho tem mais em comum do que antes, após retornarem para seus respectivos lugares de líder em uma tentativa de proteger suas famílias e seus grupos.

“Qualquer tipo de conflito entre Rick e o Governador será um conflito diferente – se é que haverá um”, diz Scott Gimple. “Se esse dois se confrontarem – e tudo indica que isso vai acontecer no final do episódio 7 – eu esperaria que fosse um confronto entre dois homens completamente diferentes que passaram por coisas completamente diferentes.”

arrow-on-the-doorpost-002

Certamente, eles passaram por coisas diferentes: o Governador, após ser abandonado, tentou começar novamente como “Brian”: um cara pacífico que fez tudo dentro do que pôde para não amar novamente. Só que tudo isso mudou quando ele conheceu Meghan, Lily e Tara e percebeu que amar significava proteger sua nova família e se tornar o homem que ele foi um dia, que tinha a capacidade de matar toda e qualquer pessoa que colocasse seu grupo em perigo.

Sem os muros de Woodbury, o Governador aprendeu o quão difícil é existir nesse mundo e tem mantido seu passado brutal embaixo do tapete, além de estar usando seu nome real: Brian.

Rick também tentou dar as costas para o papel de líder na prisão após receber todas as mulheres e crianças restantes de Woodbury, e após a morte chocante de Andrea. Essa experiência, no entanto, não durou muito e ele assumiu seu posto novamente após uma mortal epidemia de gripe e ataques na prisão, e além de um alguém misterioso que tem alimentando os walkers com ratos e os atraindo para perto das cercas.

“Um deles tentou abaixar as armas, parar de ser líder, poupar ao filho e a si mesmo da brutalidade do mundo e da liderança”, explica Gimple, “E nós o vemos no primeiro episódio da 4ª temporada realizando isso, mas tudo se esvai dele pouco a pouco ao longo dos 5 episódios. Carol diz que ele pode ser um homem do campo, mas não APENAS um homem do campo.”

“Rick está diferente do que estava na 3ª temporada e na première da 4ª” ele adiciona.

“O Governador, no inicio do episódio seis, é um homem diferente. Quando eles dois se encontrarem, será como se eles estivessem se encontrando pela primeira vez, e em certos aspectos essa é uma nova história. A única forma de conseguir isso é contando histórias diferentes com os personagens, o que acaba levando a isso.”

arrow-on-the-doorpost

O tempo irá dizer se a midseason finale de domingo será a tão esperada batalha sangrenta retratada nos quadrinhos – na qual Rick perde sua esposa e sua filha. Caso a AMC opte por seguir o material de Kirkman, será interessante ver se Lily, novo amor de Brian, agirá como seu homônimo dos quadrinhos.

Durante a batalha nos quadrinhos, foi Lily que, sob as ordens do Governador, mirou e atirou em Lori, sem saber que ela tinha um bebê. Depois que o Governador mata Hershel, uma Lily transtornada se volta contra o psicopata e o dá de alimento para os walkers, colocando um fim numa batalha épica.

Ainda não está claro se – ou quanto – a adaptação de AMC seguirá o mesmo roteiro ou se a história do Governador continuará na segunda metade da 4ª temporada, considerando que ele faz parte do elenco regular da série. Porém, os produtores sempre alegam que ninguém está seguro no show.

O que você acha que vai acontecer no último episódio de 2013 de The Walking Dead? Será que teremos a tão esperada batalha dos quadrinhos? O Governador vai finalmente morrer? Deixe todas as suas teorias nos comentários abaixo.

The Walking Dead vai ao ar todo domingo às 00h (horário brasileiro de verão) na AMC e às terças-feiras às 22:30 na FOX. A segunda metade da quarta temporada vai ao ar em Fevereiro de 2014 a partir do episódio S04E09, ainda sem título.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Hollywood Reporter
Tradução: Lucília Costa / Staff Walking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA