Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Momentos da HQ que Gostariamos de ver na 2ª Temporada

Publicado há

em

Sabemos que a série de The Walking Dead tomou rumos diferentes da HQ, para poder criar um novo ambiente tanto para os já fãs da história em quadrinhos, como para os novos fãs. Aqui está os melhores momentos que gostariamos muito de ver na 2ª temporada. Confira:

Atenção, a notícia a seguir contém SPOILERS para quem não acompanha a HQ!

Notícias

Na historia em quadrinhos, Lori guardando apenas mais que o segredo de seu caso de adultério com o melhor amigo de Rick, ela está atualmente grávida de Shane Walsh.

Esta situação precisa ser trazida para o seriado. Embora Shane esteja morto quando a cena ocorre no quadrinho, seria realmente melhor trabalhar com ele vivo. Até o final da primeira temporada de The Walking Dead, a situação do triangulo amoroso Rick-Lori-Shane está “sob controle”. Um bebe ia aumentar a tensão em umas dez vezes.

Encontrando Tyreese

Não é surpresa que Rick Grimes e o ex-jogador da NFL, Tyreese, se conheceram cedo nos quadrinhos de The Walking Dead. Como pais, levando um bando de sobreviventes ao longo de um apocalipse zumbi, seus destinos foram cruzados. A segunda temporada seria perfeita para apresentar Tyreese, juntamente com sua filha Julie e seu namorado Chris. Não só seria interessante ver o relacionamento entre Tyreese e Carol, mais também, adicionando outro macho-alfa na mistura, iria realmente agitar as coisas um pouco.

O Jogo Mais Perigoso

Um dos momentos mais chocantes nos quadrinhos de The Walking Dead, é quando o filho de Rick é baleado durante uma expedição de caça. O acidente mostra o quanto a humanidade pode ser seu pior inimigo, mesmo no meio de um apocalipse zumbi.

Se o seriado puder replicar até mesmo uma fração das cenas de poder, a segunda temporada será um sucesso.

Piada Zumbi

Se tiver uma coisa que o seriado The Walking Dead precisa mostrar, é o alivio dos quadrinhos. Entendemos que piadas não vêm fáceis em face ao iminente terror, mas isso não quer dizer que elas têm se tornar extintas. Pegando este momento dos quadrinhos de The Walking Dead. Quando Dale finge se tornar zumbi, Gleen olha de perto para ver se está morto. Quando a criatura abre a mandíbula, Gleen cai de costas na neve. Ambos personagens riem, esquecendo os problemas por um momento. Quando o mundo está um inferno em volta de você, até mesmo uma pequena risada vai um longo caminho.

Wiltshire Estates

Não a nada mais triste na vida, que sonhos esmagados – exceto quando estão rasgados e comidos. È exatamente como acontece quando Rick e seu grupo de sobreviventes descobriram Wiltshire Estates. Wiltshire, uma fechada comunidade de habitação para classe alta, representa tudo para os sobreviventes, como: conforto, segurança e paz. Eles eventualmente ficaram em uma das imensas casas de Wildshire, só para descobrir que o lugar não esta totalmente deserto.

Acontece que Rick descobre uma placa escrita “Todos Mortos, Não Entrem”. O que aterroriza qualquer leitor. Este é o tipo de cena que qualquer serie de televisão necessita

Fazenda Herschel

Nos quadrinhos, após o filho de Rick ser baleado acidentalmente, ele é levado para uma fazenda do veterinário Herschel Greene (quando o mundo está infestado de zumbis, você não pode escolher muito sobre seus médicos). É lá que Rick e o resto dos sobreviventes conhecem a grande e eclética família Herschel’s. a cena onde todos se conhecem é desoladora quando comparada com o horror que é desencadeado em um dos moradores algumas paginas depois. Esses momentos que não pode separar The Walking Dead da melhor série de horror.
Personagens são mais que apenas pedaços de carne. Eles são reais, vivem e respiram pelas pessoas que eles se importam, em parte, vamos ver muito de nós mesmos neles. Vamos esperar que não façam corte desses momentos.

Triste Romance

A tensão sexual entre Dale e Andrea, se desenrola em um breu ideal no seriado. No entanto um cenario “eles vão, eles não vão” poderá proporcionar um festival de bocejos. Em vez de, arrastar para fora, os quadrinhos permitem Dale e Andrea ceder seus desejos secretos. Ao invés de ser gratuita, esta cena, mostra o mais primitivo, e mais real elemento da humanidade. Em um meio que isto é muitas vezes visto como infantil, este é um momento doloroso e maduro.

O Segredo dos Herchel’s

“O Celeiro… é ai que mantemos todos os nossos mortos.”. Bem quando Rick e os outros sobreviventes estão sendo acolhidos na fazenda dos Harchel’s, essas palavras podem virar tudo de cabeça para baixo. Herchel, um homem que dedicou sua vida às criaturas, recusa-se a matar zumbis. Em vez disso, ele armazena os mortos-vivos em seu celeiro, esperando que um dia a cura seja encontrada. Seu argumento com Rick sobre o assassinato dos mortos traz a tona a questão de ética raramente abordada em filmes de zumbis. Por que não levar isto para as series de televisão?

Glenn

Depois de tudo que Gleen fez para o acampamento – vocês sabem, limpar as cidades em busca de comida, e tudo mais – ele não merece uma pequena paixão? Nos quadrinhos, ele tem isso da brincalhona filha de Herchel, Maggie. Seria interessante se Gleen tivesse um interesse amoroso na serie também, alem disso, a cena poderia ser hilariante de se assistir

A Horda

Alfred Hitchcock definiu o suspense, como uma bomba embaixo da mesa, que pode explodir ou não. The Walking Dead define o horror como um celeiro cheio de zumbis, que pode ou não abrir. Infelizmente, para Rick, Herschel e companhia o faz. O que acontece a seguir é uma das cenas mais perturbadoras de The Walking Dead. Se o programa pode adaptá-lo, o publico terá pesadelos persistentes durante meses.

Tal Pai, Tal Filho

Um segmento em execução em todo o quadrinho The Walking Dead, é a transformação do filho de Rick, Carl, de uma inocente criança, a um valentão. E sua tendência para violência, devido ao horror que o cerca, ou está adormecido dentro de si, desde seu nascimento? O quadrinho faz um ótimo trabalho em manter essa parte na mente dos leitores. Se o seriado pode adaptar esta trama com o mesmo matiz e graça, isso seria realmente cativante para a televisão

Prisão

Você sabe quando está numa péssima situação, quando você carinhosamente se refere à uma prisão como “casa”. Isso é exatamente o que acontece na conclusão do Livro Um de The Walking Dead (edição #12). Mas a introdução para a prisão não tem que ser um peso para a série. Porque não introduzir no meio da temporada, e deixar os leitores dos quadrinhos adivinhando?

O Natal de Morgan e Duane

Morgan e seu filho Duane, são alguns dos personagens mais simpáticos do universo Walking Dead. Fico na esperança que eles tenham a chance de aparecer na segunda temporada. Conta com uma historia de um breve feriado, mas comovente, que mostra o amor incansável de um pai e seu filho, e a resistencia do espírito humano


Fonte: UGO
Tradução: @PauloCampez / Staff WalkingDeadBr

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA