Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Gale Anne Hurd (Produtora) fala sobre a 2ª Temporada

Publicado há

em

“The Walking Dead”, a mais recente série que foi adicionada a lista de programação da AMC, começou com muita audiência e terminou com uma audiência ainda maior. A série de zumbis, baseada na HQ de Robert Kirkman, chegou a 6 milhões de espectadores no final “TS-19”, exibido no domingo (05/12) – a mais alta audiência de um episódio da série exibida na AMC. (Como ponto de comparação, a série aclamada pela AMC, “Mad Men”  teve em média 2,9 milhões de espectadores por episódio em sua quarta temporada.) Não é nenhuma surpresa então, que a série (The Walking Dead) foi renovada para uma segunda temporada.

Nós conversamos com a produtora Gale Anne Hurd, sobre o que esperar quando o seriado retornar no próximo ano.

A AMC já encomendou uma segunda temporada de “The Walking Dead”, mas parece que a produção não vai começar de novo até o próximo Outono. Como vocês pretendem manter o público envolvido e pensar sobre o seriado até que ele retorne?

Durante todo o processo, a AMC tem tido um grande trabalho com Constantino Nasr, nosso produtor, nos bastidores, para produzir o EPK [kit de imprensa eletrônico] e postando websodes e “making of”. Tenho certeza de que vai continuar. Obviamente, o DVD será lançado no Outono e assim que iniciar a produção novamente, nós vamos continuar colocando material novo, por trás dos bastidores na web também.

Na semana passada, foi noticiado que o produtor executivo de “The Walking Dead” Frank Darabont, havia demitido todos os seus escritores, e  um relatório que depois negou. Você ficou surpresa com a rapidez com que a história se espalhou?

Eu não entendo porque uma história que não tem fatos veridicos se espalha. Ninguém foi verificar com a gente. As pessoas não podem passar dois ou três anos de suas vidas para um seriado que pode ser cancelado, então eles montaram outros projetos. Você tem que fazer isso, e eu não acho que isso é algo que o leitor ou espectador casual vai estar ciente. Portanto, há muito poucos escritores que pretendemos ter de volta – vai depender da sua disponibilidade. Obviamente, Robert e Frank estarão de volta, e eles são realmente as duas pessoas que fizeram acontecer esta história, com grande apoio de todos na sala dos roteiristas. Além disso, quando você tem uma temporada de apenas seis episódios, que não é suficiente para se sustentar, então todo mundo estava trabalhando em outro material.

Como você planejou a segunda temporada bem lá na frente?era uma parte das discussões quando você estava planejando a primeira temporada?

Para a primeira temporada, nós conversamos sobre como seria a obtenção de Atlanta e de Rick se reunir com sua família, e depois pegar a estrada novamente. Dentro desse contexto, nós queríamos ter a certeza de que capturaríamos  alguns momentos essenciais da história em quadrinhos, mas também surpreender as pessoas que eram devotos de quadrinhos com material novo que não tinham visto antes. Isso era algo muito importante para Robert desde o início.
Quando Frank e Robert tiveram suas primeiras reuniões em fevereiro e março deste ano, eles realmente tinham discutidos sobre novos personagens e novos caminhos para velhos personagens. Percebemos que para os espectadores não familiarizados com a história em quadrinhos, eles eram obrigados a ter dúvidas, e sabendo que nos quadrinhos, não há realmente nenhuma resposta, descobrimos onde mais esses personagens vão se não o CDC [Centers for Disease Control] (Centro de Controle de Doenças)

As coisas ficam muito tristes, para dizer o mínimo, na série de Kirkman. Como você julga se um enredo certo é muito brutal para a TV a cabo?

A história é bastante sombria – mas ao mesmo tempo, nós olhamos a coisa toda como um ato de equilíbrio entre a esperança e o desespero. Esse contraste foi certamente um elemento chave para o final, como a diferença entre as pessoas que acabam por desistir e aquelas que não vão desistir. Também é por isso que é tão importante ter personagens maiores, como Glenn, da HQ, ou Daryl, que é novo na lista.

Houve algumas conversas de que a personagem de Michonne, que aparece nos quadrinhos empunhando uma espada samurai, será introduzida na próxima temporada. Você pode confirmar isso? E também, como se pronuncia o nome dela?

Eu perguntei para Robert uma vez, e ele disse ‘Michone’ ou ‘Michon’, de qualquer forma é bom. Ela é de Kentucky, por isso ela fala com um sotaque de qualquer jeito. Estamos muito animados sobre ela, mas não posso confirmar ou negar, mas ela é certamente um dos nossos favoritos, assim como para os fãs. Isso é tudo que eu vou dizer.

Porque você acha que os zumbis continuam estando na moda?

Zombies são certamente uma fase ressurgente. Muitos dos filmes de zumbis que saíram recentemente têm sido excelentes, então você tem continuado com entusiasmo com eles. Mas também, porque o mundo parece que está à beira de algo catastrófico – estamos em uma crise financeira e terríveis desastres naturais estão ocorrendo – a maioria das pessoas que eu falo transmitem uma sensação de grande incerteza sobre o amanhã, na próxima semana, e no próximo ano. Por causa de nossos personagens sobreviverem a este apocalipse zumbi, os telespectadores podem se identificar com eles, com sua vontade de sobreviver, e a sua convicção de que a sociedade pode ser recriada novamente. Essa mensagem está se conectando com as pessoas.

Fonte: Blogs.wsj

Tradução: Chiquinho / Equipe WalkingDeadBr

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA