Siga-nos nas redes sociais

5ª Temporada

The Walking Dead 5ª Temporada: O que aconteceu com Beth? Emily Kinney conta!

Rafael Façanha

Publicado há

em

Da última vez que vimos Beth Greene – que já foi uma flor frágil que queria se matar na cama de sua mãe na segunda temporada de The Walking Dead – ela estava sendo arrastada em um grande carro preto adornado com uma cruz, após alguns dias libertadores na floresta com Daryl (Norman Reedus).

Enquanto o trailer da quinta temporada revela que Beth está se virando – e provando que sabe apanhar – no que parece ser um tipo de manicômio brutal, abundam rumores sobre a chegada de Negan e outros vilões dos quadrinhos. Agora mais do que nunca, não é fácil ser uma Greene.

Embora ela não possa nos contar precisamente onde a querida e desaparecida filha caçula de Hershel está, Emily Kinney, a jovem de 29 anos que a interpreta, diz que está amando a chance de mostrar que Beth é feita do mesmo material que sua irmã guerreira Maggie (Lauren Cohan). “Esta temporada com certeza terá mais violência e mais coisas físicas – para todos no elenco, não apenas Beth”, disse Kinney. “Eu amo isso! Me dá uma agitaçãozinha agradável.”

A atriz diz que que está tão surpresa quanto qualquer um pelo fato de Beth ter durado tanto tempo em um show conhecido pela falta de sentimentalismo para matar personagens principais – e que ficou especialmente empolgada com a chance de se aprofundar na psique de Beth quando ela e Daryl se uniram no final da quarta temporada.

“Foi muito divertido e gratificante pra mim finalmente poder detalhar ‘Oh, era assim que ela estava se sentindo. Este é o ponto de vista dela sobre isso e era assim que ela se sentia sobre viver na prisão’. E teve um episódio muito bom onde ela estava lendo seu diário e que foi muito útil pra mim, e acredito que também para a audiência, porque eles puderam conhecer a personagem de um jeito diferente. Eu acho que a união de Beth e Daryl foi inusitada, mas o que a torna tão legal é que eles puxam coisas diferentes um do outro que nós não tínhamos visto antes. Eu sinto que Beth pôde escolher que tipo de pessoa ela queria ser – finalmente.”

Uma pessoa que foi moldada por meses assistindo aqueles ao seu redor ganharem ou perderem batalhas pela sobrevivência. “Por todo o caminho Beth assumiu diferentes papeis dentro do grupo, e agora que está separada e por conta própria, ela teve que amadurecer de uma maneira específica”, explica Kinney. “Nós a vimos amadurecer estando na fazenda e estando na prisão e cuidando do bebê. Perdendo seu pai. E então estando separada com Daryl. Todas essas coisas forçaram ela a se tornar adulta – e ela definitivamente vai precisar usar tudo que tem e usar tudo que aprendeu com as pessoas à sua volta para se virar nessa temporada!”

atores-the-walking-dead

Aqui está o que mais Kinney, que lançou recentemente seu segundo CD chamado “Expired Love”, tem a dizer sobre Beth sobrevivendo até a quinta temporada:

Quando você chegou pela primeira vez no set, conseguia imaginar que estava basicamente entrando para a história da pop culture?

Emily Kinney: Havia tantas pessoas incríveis participando, como Frank Darabont, Andrew Lincoln. E os quadrinhos tinham um número imenso de seguidores. Então eu sabia desde o começo que era algo especial. Mas eu não sabia quão grande aquilo se tornaria e também que eu seria uma parte disso por tanto tempo, então eu não imaginava que isso se tornaria uma parte tão grande da minha vida. E os números crescem a cada temporada, então a série está ganhando ainda mais força e é muito empolgante. Mas eu não imaginava quão grande isso se tornaria.

Você se lembra do momento em que vocês olharam uns pros outros e disseram “Meu Deus, isso é gigante”?

Emily Kinney: Houve vários momentos legais assim! Um dos mais recentes foi quando eu pude ir pela primeira vez na Comic-Con de San Diego, coisa que eu nunca tinha tido a chance. Você está frente a frente com todas aquelas pessoas que sabem tantos detalhes sobre o show e estão super empolgadas e estão esperando na fila para pegar autógrafos e, de repente, você percebe de uma forma muito bacana que milhões de pessoas estão assistindo algo em que você está trabalhando.

Então aquele foi definitivamente um momento especial para todos nós do elenco. O dia todo nós estávamos falando com a imprensa e participando de painéis e olhando uns pros outros e pensando “Oh meu Deus, isso é louco e incrível e divertido!” Eu vou participar de outras dessas convenções porque eu acho que tem algo realmente especial naquele momento um-a-um com os fãs. Eu tenho até mesmo fãs de Walking Dead que vêm para os meus shows de música e eles são simplesmente os melhores. Eles são fãs muito leais e atenciosos e é realmente muito especial.

Eu conversei com outras pessoas do elenco que falaram que, depois de filmar em grupo por tanto tempo, estarem separados na segunda metade da quarta temporada foi muito inquietante. E agora, pelo que foi visto no trailer da quinta temporada, você está completamente separada de todo o resto do elenco principal. Como é isso?

Emily Kinney: Isso me ajuda a atuar de uma certa maneira, porque eu estou meio que passando pelo que a Beth está passando. Eu fiz parte do show por quatro anos, e todas essas pessoas se tornaram grandes amigos – especialmente Lauren, que interpreta minha irmã, e Steven. Nós todos nos tornamos muito, muito próximos e eu gosto de estar no set com eles, e eu gosto de fazer cenas com Lauren e eu sinto falta deles. Então de certa forma eu sinto como a Beth, quero estar de volta com a minha família e amigos. Mas eu amo o fato, também, de que eu tive a chance de explorar mais a Beth, e eu estou feliz que a audiência teve a chance de conhecer todos os personagens em um nível mais profundo. Eu acho que isso foi muito útil para o show e para a audiência.

daryl-beth-the-walking-dead-4-temporada

Mas como você já deve ter visto no trailer, também tem outros grandes atores com quem eu estive filmando, então eu também me apeguei a eles e fiz novos amigos.

Beth acha que Daryl está procurando por ela? E de verdade, por que Daryl não está procurando por ela? Ele meio que deixou ela se perder…

Emily Kinney: [risadas] Foi tão divertido e gratificante fazer aquele episódio com Norman. Norman é muito comprometido com o show e com os fãs, e ele é muito especial e inspirador pra mim, então nós nos divertimos muito trabalhando nisso também. Ele é um grande amigo agora por causa daquele episódio – a maneira como você vem a conhecer uma pessoa. Então eu estou torcendo por isso. Eu acho que Beth está torcendo por isso – que as pessoas estejam procurando por ela e que eles venham a se reencontrar. Eu não posso te falar nada do que vai acontecer, mas sim, tudo isso vai ser respondido, mas eu não posso dizer quando.

A morte de Hershel foi devastadora para os fãs, mas ele era o seu pai no set. Você pode falar um pouco sobre como era isso, sabendo que Scott Wilson sairia do show?

Emily Kinney: Foi um dia muito difícil pra todo mundo! Nós nos tornamos muito, muito próximos. Nós estamos vivendo todos juntos em Atlanta, então de certa forma isso se torna real para nós. Porque nós estamos tão isolados de nossas vidas em Nova Iorque e Los Angeles, e nós estamos vivendo juntos aqui, e ter alguém partindo – especialmente alguém como Scott Wilson, que é um grande ator e de certa forma uma figura paterna pra mim e Lauren, foi uma cena muito difícil de gravar. Nós estávamos de luto tanto quanto nossos personagens.

Norman deixou os fãs agitados recentemente quando ele postou nas mídias sociais a música do U2 “Drowning Man” (homem se afogando) como a “música do dia no set”, o que fez as pessoas especularem que você morre ou ele morre ou Carol morre ou você e ele se reencontram ou ele e Carol se reencontram… você lê os sites dos fãs ou segue o que os fãs do show estão dizendo nas mídias sociais, ou é muito cansativo?

Emily Kinney: Eu não leio muito dessas coisas porque eu estou tão no mundo do show que eu não gostaria que coisas assim influenciassem minha atuação. Eu leio tweets direcionados pra mim, mas eu não sigo mais nada. E as pessoas gostam de ler tudo! Mas é divertido. Obviamente nós não vamos dizer sim ou não sobre nada, porque nós queremos que seja surpresa. Você quer andar na montanha russa!

grupo-the-walking-dead-3-temporada

É difícil guardar os segredos dos Mortos, quando praticamente o mundo todo está morrendo para saber?

Emily Kinney: Não é difícil pra mim guardar os segredos porque nós nos importamos tanto com o show que eu nunca ia querer estraga-lo. É uma jornada muito gostosa. E quando nós trabalhamos tão duro nisso, não queremos estraga-lo. Mas sempre tem pessoas tentando adivinhar e eu falo “eu não posso dizer que não; eu não posso dizer que sim”. E nós todos temos intervalos diferentes de filmagem, então as pessoas ficam “oh, como a Lauren está de folga, deve significar que ela morreu!” ou “como você está em Nova Iorque participando de um programa…” e você fica com vontade de responder, mas não pode. Você simplesmente não fala nada. É o jeito mais fácil de lidar com isso. É tipo, é, eu não sei!

Me conte sobre terem incorporado você cantando no show. Isso sempre esteve no plano ou eles descobriram que você canta e por isso Beth se tornou musical?

Emily Kinney: Não era parte do personagem na segunda temporada, quando eu fiz o teste pela primeira vez; eu não tive que cantar ou coisa do gênero. Mas entre a segunda e a terceira temporada entrou um novo showrunner, Glen Mazzara, e alguns dos diferentes roteiristas viram eu me apresentar em NY ou LA porque eu me apresento muito em clubs tocando só a minha música. Então eles sabiam que eu poderia cantar se eu quisesse incorporar isso no show, e eu me lembro que, para a terceira temporada, eu estava conversando com Glen e ele estava procurando por momentos calmos porque seria um episódio de muita ação e esse era o jeito de fazer isso. Colocar eu e Lauren cantando em volta da fogueira e ter aquela conexão com o que as nossas vidas eram antes.

Acho que nós precisamos desses momentos de leveza no show. E eu também acho que a audiência não sabia muito sobre Beth e esse foi um jeito de se identificar com ela – “Oh, ela canta, ela gosta de música, ela cantou aquela canção do Tom Waits”. São tantos personagens que não dá pra dar várias cenas para todos, então foi um jeito bom e rápido da audiência sentir que conhecia quem Beth era.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a quinta temporada no dia 12 de Outubro de 2014 na AMC e no dia 14 de Outubro de 2014 FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Channel Guide Mag Blog
Tradução: @Ivyleca / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

5ª Temporada

5ª Temporada de The Walking Dead chega ao Netflix Brasil em Abril

Rafael Façanha

Publicado há

em

Demorou, mas finalmente o grande dia está perto de chegar! A Netflix Brasil – o melhor e mais famoso de todos os serviços de streaming na atualidade – anunciou hoje que a quinta temporada do drama zumbi de sucesso da AMC, The Walking Dead, estará disponível em seu catálogo no próximo dia 15 de Abril.

Sinopse oficial da 5ª temporada de The Walking Dead:

Depois de derrotarem o Governador e sofrerem importantes perdas no caminho, Rick e sua turma enfrentarão o inimaginável ao chegarem no Terminus, lugar que eles pensavam que seria a salvação de todos. Mais uma vez sentirão na pele que os humanos podem ser mais cruéis que os zumbis.

Além de The Walking Dead, o serviço conta com filmes, seriados e desenhos animados de diversos grandes estúdios e canais de televisão, além de inúmeros conteúdos exclusivos. Ele pode ser acessado a partir de dispositivos portáteis com Android ou iOS, além de computador, Smart TVs, consoles e reprodutores de Blu-ray com suporte para aplicativos. Caso você tenha interesse, a Netflix Brasil possui planos a partir de R$ 19,90 ao mês e você pode fazer assinatura diretamente do site, começando com o primeiro mês grátis!

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo

5ª Temporada

Scott M. Gimple fala sobre as mortes de personagens negros na 5ª temporada de The Walking Dead

Ivy Leça

Publicado há

em

Por:

Talvez a quinta temporada de The Walking Dead tenha sido a mais forte da série até agora. Ela começou cheia de caos e ação em Terminus e terminou com Rick executando Pete em um finale quase igualmente sangrento. Mas no meio disso, a série recebeu algumas críticas por ter matado os três principais personagens negros: Bob (Lawrence Gilliard), Tyreese (Chad L. Coleman) e Noah (Tyler James Williams).

Essa não é a primeira vez que a série é atacada por matar personagens negros. Na terceira temporada, houve murmúrios depois que prisioneiros negros tiveram uma morte rápida, junto com IronE Singleton, que interpretava T-Dog. Mas como foi dito pelo showrunner Scott M. Gimple, muitas vezes os personagens condenados na quinta temporada nem eram negros para começar, mas acabaram sendo depois que os produtores escolheram um ator específico.

Gimple fez referência a isso quando foi perguntado sobre as críticas a respeito do número de personagens negros que morreram na quinta temporada. “Sabe, eu já sabia quem ia morrer no ano passado”, disse Gimple. “No caso de alguns personagens, até mesmo antes disso. E no começo do ano, alguns desses personagens ainda não tinham um ator selecionado. A questão era sempre selecionar a melhor pessoa. É bem difícil.”

Para ilustrar seu ponto, Gimple mencionou um personagem específico que era branco nos quadrinhos, mas não na adaptação para a TV, e outro personagem que poderia ser de qualquer etnia. “Bob não era um personagem negro nos quadrinhos, mas eu não gostaria de perder Lawrence Gillard”, disse Gimple. “E Noah, quando estávamos selecionando, Tyler era o melhor ator. Eu adorei o que ele fez e o que trouxe para a série. Recebemos todo tipo de pessoa, de diferentes origens e etnias. É difícil porque eu também quero ser sensível ao que as pessoas sentem. Dois desses personagens estavam destinados a morrer, e eles poderiam ter sido selecionados em qualquer direção, e eu apenas selecionei as melhores pessoas – ou pelo menos as pessoas que eu senti que eram as melhores, e eu adorei o que eles fizeram com o papel. É estranho imaginar não ter escolhido eles. Mas eu sabia que esses personagens iam morrer, e escolhi aquelas pessoas.”

Mostrar diversidade da vida real sempre foi importante para os produtores. Como Gimple disse, “é sobre representar o mundo que está lá”. E enquanto ele aponta para o fato de que queria dar a oportunidade de interpretar esses personagens para os melhores atores, ele também é sensível para aqueles que se incomodam com a alta contagem de corpos.

“Nesse caso era realmente uma questão do melhor ator para o papel”, disse Gimple. “Eu adoraria que as pessoas tivessem visto o teste de Lawrence – que era para um papel falso – e ele foi incrível. O teste de Tyler foi incrível. É uma questão muito, muito difícil, e eu honro qualquer pessoa que tenha se sentido atingida. É bem complicado. Eu odiaria não ter visto esses atores na série, porque eles eram fantásticos e fazem parte da família agora. É duro.”

Os fãs podem esperar que muitos personagens – de todas as etnias – morram na sexta temporada, que estreia no próximo mês.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a sexta temporada no dia 11 de Outubro de 2015 – às 22h no AMC Internacional e às 23h na FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly

Continue lendo

5ª Temporada

Edição limitada do Blu-ray da 5ª temporada de The Walking Dead é anunciada oficialmente

Ávila Souza

Publicado há

em

Fundido com o pavimento carbonizado por um tiro de napalm, um zumbi se encaminha para a sua próxima refeição, no caso, para o box da edição limitada do Blu-Ray da quinta temporada de The Walking Dead, produzido pela Anchor Bay Entertainment e com lançamento previsto para o próximo dia 01 de dezembro.

A Anchor Bay Entertainment anunciou oficialmente o lançamento da aguardada edição limitada que traz em sua embalagem o zumbi que Rick Grimes e companhia encontraram no episódio “Crossed”. A edição já está disponível para encomenda no Amazon.com pelo preço de 134,99 dólares (algo em torno de R$ 500,00). Você pode conferir o box a seguir, depois da descrição do produto.

COMUNICADO DE IMPRENSA: BEVERLY HILLS, CA – A Anchor Bay Entertaiment lançará mais uma edição do que se tornou a tradição anual mais aguardada pelos fãs de The Walking Dead ao redor do mundo, o box com edição limitada da quinta temporada de The Walking Dead em Blu-Ray + Edição Limitada Digital HD no dia 01 de dezembro de 2015. Assim como as edições anteriores, a McFarlane Toys criou mais uma vez uma embalagem de colecionador impressionante. A Edição Limitada desse ano apresenta o “zumbi do asfalto”, uma das muitas imagens inesquecíveis da quinta temporada da série que é fenômeno mundial. Perfeitamente produzido e ricamente detalhado, ele é baseado no zumbi original desenhado pelo premiado supervisor de efeitos e maquiagem e Produtor Executivo, Greg Nicotero. O pacote também inclui um digipack colecionável com 5 discos em Blu-Ray com uma arte “zumbi” exclusiva, disponível apenas com o box. O material já pode ser encomendado pela Amazon.com e custa $134,99 dólares.

As edições passadas apresentavam a “máscara de zumbi” (Primeira Temporada), a “cabeça zumbi com a chave de fenda” (Segunda Temporada), o “tanque de cabeças do Governador” (Terceira Temporada) e o “zumbi da árvore” (Quarta Temporada).

Os bônus incluem:

• Comentários em áudio do showrunner/produtor executivo/produtor/roteirista/ Scott M. Gimple, produtora executiva Gale Anne Hurd, produtor executivo Tom Luse, produtor executivo/supervisor de efeitos e maquiagem/diretor Greg Nicotero, diretor Julius Ramsay; atores: Lauren Cohan, Chad L. Coleman, Michael Cudlitz, Sonequa Martin-Green, Danai Gurira, Alanna Masterson, Melissa McBride, Josh McDermitt, Norman Reedus, Christian Serratos e Steven Yeun.
• Cenas Excluídas
• Inside The Walking Dead
• Making of da série
• Construção de Alexandria
• A jornada de Beth
• A jornada de Bob
• A jornada de Noah
• A jornada de Tyreese
• Um dia na vida de Michael Cudlitz
• Um dia na vida de Josh McDermitt
• “Rotters in the Flesh”

O elenco da quinta temporada de The Walking Dead também inclui: Norman Reedus, Steven Yeun, Lauren Cohan, Danai Gurira, Chandler Riggs, Melissa McBride, Chad L. Coleman, Sonequa Martin-Green, Lawrence Gilliard, Jr., Michael Cudlitz, Emily Kinney, Alanna Masterson, Christian Serratos, Josh McDermitt e Andrew J. West.

GALERIA DE IMAGENS:

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a sexta temporada em 11 de Outubro de 2015 na AMC e em 12 de outubro na FOX Brasil.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Daily Dead

Continue lendo

EM ALTA