Siga-nos nas redes sociais

5ª Temporada

5 previsões para a 2ª parte da 5ª temporada de The Walking Dead

Publicado há

em

Agora que estamos na pausa do mid-season da série de TV, a história de Beth Greene está resolvida e o grupo mais uma vez está reunido, então vem a pergunta: E agora?

Se baseando nos quadrinhos a gente tem umas ideias (assumindo que eles seguirão os quadrinhos). É provável que a série se mova um pouco mais devagar do que nos quadrinhos – é o que tem acontecido desde que eles saíram da prisão – mas olhando a situação dos personagens e o que aconteceu nos quadrinhos, é possível ter uma noção do que acontecerá na segunda metade da quinta temporada. Leia o que nós esperamos que aconteça:

Perdidos

walkers-the-walking-dead

Isso parece coisas de zumbis, né? Mas eles acabaram de perder alguém, e no próximo episódio deve haver um funeral, então eles agora estão com um sentimento de perda.

Mas vai além disso. Da última vez que vimos o grupo reunido, existiam tantos motivos para eles seguirem em frente que acabaram entrando em confronto uns com os outros. A ideia de ir à Washington ficou no caminho do resgate de Carol e Beth, e vice versa.

Agora ninguém tem um próximo passo. É apenas… sobrevivência. E isso vai ficar depressivo. A ideia de você não poder ficar em algum lugar por muito tempo é algo que vem seguindo esse grupo desde que ele saiu da prisão com a queda de Woodbury e a fraude de Terminus. Ver as quatro paredes com um teto do Padre Gabriel ruir também reforçou o que eles já suspeitavam… não há um lugar seguro. É o momento ideal para o discurso de Rick nos quadrinhos que diz “Nós SOMOS os mortos-vivos”, ou alguma variação disso.

Zona Segura de Alexandria

alexandria-the-walking-dead

Os produtores falaram repetidamente que essa temporada seguirá os quadrinhos com mais proximidade do que nos outros anos, e a essa altura dos quadrinhos eles já deveriam ter conhecido Aaron e estar a caminho de Alexandria.

Quando a viagem para Washington é descoberta como mentira, Rick e companhia se encontram com um batedor e são guiados para Alexandria, que os convida para ficar. Na verdade, se formos seguir à risca a linha do tempo dos quadrinhos, isso deveria vir imediatamente depois que Eugene confessa ser um mentiroso. Nos quadrinhos isso acontece na presença de Rick e Aaron se aproxima de Rick e Abraham ao mesmo tempo, o que pode justificar o fato de ainda não ter acontecido na série.

Uma nova dinâmica de grupo

nova-dinamica-grupo-the-walking-dead

Isso vai lado-a-lado com Alexandria, uma vez que Rick Grimes não será o manda-chuva na Zona Segura. Na verdade, quando o grupo de Rick chegar, as pessoas não saberão bem como agir com esse homem desconfiado que não quer tirar sua arma da cintura.

Em Alexandria o começo de tudo foi o mais difícil para Rick assimilar. Tendo lidado com estupradores, assassinos e canibais em Woodbury e na estrada, Rick entra em Alexandria sem nada a perder… e descobre que não é assim que eles vivem lá dentro.

Washington D.C.

Washington-D-C-The-Walking-Dead

Nos quadrinhos, os sobreviventes de Alexandria vão para Washington para conseguir suprimentos. O fato de Alexandria (localizado na Virgínia do Norte) não ser considerado um local memorável por muitas pessoas significa que eles podem filmar a Zona Segura em locais similares em Georgia, onde eles estão desde o início da série. A série não só recebe generosos incentivos fiscais lá, mas construiram uma boa relação com as comunidades locais de Senoia e Georgia num geral.

Dito isso, pelo menos um dia de viagem a Washington parece uma boa pedida por vários motivos. Primeiro de tudo, as imagens da capital destruída seriam o tipo de imagem icônica que ajudam na identificação visual do público, como Londres em Extermínio.

Segundo, nossos sobreviventes estão rumando nessa direção já faz um tempo – especialmente o grupo de Abraham, que está tentando chegar a Washington pelo menos desde que ele encontrou o grupo de Rick. Abandonar a esperança em algo em que eles se empenharam e quase os custou as vidas parece algo impossível. Chegando – pelo menos uma vez – e ver que não há nada lá para eles pode ajudar o grupo a seguir em frente, especialmente Abraham e Rosita. Pode ser bom também para Noah, que saiu do iludido mundo do Grady Memorial, onde ainda existem pessoas esperando por um resgate.

Segurança por enquanto

grupo-igreja-the-walking-dead

Os quadrinhos que contam a história da Zona Segura de Alexandria não foram apenas de paz completa, mas foram bem mais estáveis e sem grandes e explosivos conflitos em comparação com outros grandes arcos dos quadrinhos.

Dito isso, os fãs agora já sabem sobre o que ela se sustenta, e com “Guerra Total” ainda frescos na memória dos leitores, assim como na memória de Robert Kirkman, é impossível não lembrar e esperar pelas outras colônias, os Salvadores e Negan.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a segunda parte da quinta temporada no dia 08 de Fevereiro de 2015 na AMC e no dia 10 de Fevereiro de 2015 na FOX Brasil. Confira todas as informações sobre o midseason premiere (S05E09) e fique por dentro das notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Comic Book
Tradução: @Ivyleca / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA