Siga-nos nas redes sociais

5ª Temporada

Sonequa Martin-Green fala sobre o episódio 9 – What Happened and What’s Going On: “Esse é um ponto de mudança”

Publicado há

 

em

[ATENÇÃO!! ESTE CONTEÚDO CONTÉM SPOILERS DO EPISÓDIO S05E09 – “WHAT HAPPENED AND WHAT’S GOING ON“!]

The Walking Dead retornou de sua pausa de inverno com um episódio espetacular, mostrando outra perda esmagadora para o grupo – e a segunda morte de um membro regular do elenco em poucos episódios.

Na midseason premiere da quinta temporada, vimos Rick (Andrew Lincoln) e o grupo tentando reunir Noah (Tyler James Williams) com sua família, para atender um dos últimos desejos de Beth (Emily Kinney). Com a esperança de encontrar um lugar novo e seguro para chamarem de “lar” na comunidade murada em que a mãe e os dois irmãos menores de Noah viviam, o grupo fez uma viagem para a Virginia apenas para descobrir que o lugar já tinha sido invadido pelos mortos vivos. Depois de ver por si mesmo que sua mãe estava morta na sala de estar da casa deles, Noah a cobre com um lençol – enquanto Tyreese (Chad L. Coleman) descobre um dos irmãos gêmeos mais novos de Noah morto na cama. Atordoado, ele deixa de perceber outro irmão gêmeo transformado em walker, acaba sendo mordido e, eventualmente, morre.

“Foi devastador; muito chocante e repentino.”, conta a atriz Sonequa Martin-Green (a Sasha) ao The Hollywood Reporter sobre quando ela descobriu que seu irmão na tela seria morto. “Foi a última coisa que eu esperava ouvir. Tyreese é uma peça tão forte da série. Meu coração simplesmente ‘caiu’. Ver as pessoas saírem e se despedirem é sempre de partir o coração. Foi especialmente difícil por causa da minha proximidade com o Chad– e o que isso faz com a história. Ele e eu entramos juntos a série e passamos por toda essa jornada juntos.”

A perda de Tyreese é um ponto crucial para Sasha, que ainda está se recuperando da morte de seu namorado, Bob (Lawrence Gilliard Jr.), depois que ele foi mordido e, eventualmente, seu pé foi comido por canibais.

“A única coisa que fazia com que a Sasha mantivesse os pés no chão foi embora.”, Martin-Green afirma. “Ela lidou com isso no final da quarta temporada quando pensou que Tyreese estava morto [depois que o grupo se separou] e mergulhou numa espiral descendente. Ela pensou que ele poderia estar morto, mas, agora que ela sabe que ele está morto, não há como dizer o que ela vai fazer.”

tyreese-sasha-the-walking-dead-4-temporada

A morte de Tyreese aconteceu quando The Walking Dead entrou em sua quinta temporada com a maior quantidade de atores no elenco que a série já teve – e com um aparente excesso de líderes dentro do acampamento de Rick. A série de TV, baseada na série de quadrinhos de longa duração criada por Robert Kirkman (na qual Tyreese também é um dos personagens favoritos dos fãs e se tornou o braço direito de Rick), já deu adeus à Beth de Kinney, ao Tyreese de Coleman, ao Bob de Gilliard e ao Gareth de Andrew J. West, o líder do grupo de canibais chamado de “Caçadores”.

“Esse é um ponto de mudança.”, Martin-Green fala sobre Sasha. “Nada nunca será do mesmo jeito novamente. Será algo que nós nunca vimos antes. Ela sempre teve que lidar com toda a perda, o perigo e a violência – mas sempre teve seu irmão. Nós veremos o que acontece quando a última parte de sua segurança e de sua identidade foi embora. É como se fosse a última estrutura que mantivesse sua sanidade.”

Sasha e Tyreese foram introduzidos na série quando a dupla e o pequeno grupo deles chegou à prisão na midseason finale da terceira temporada. Nos quadrinhos, Tyreese tinha uma filha, cujo namorado também fazia parte do grupo. A série da AMC remixou a história acrescentando Sasha, sua irmã fiel e protetora. Os dois eram muito diferentes. Tyreese era um bom homem que queria resolver qualquer conflito de maneira pacífica; nessa temporada, ele sofreu com sua habilidade de matar após a perda de Lizzie e de Mika. Sasha, por outro lado, chegou como uma mulher que foi endurecida pelo tempo e, com o desenvolvimento da série, e também graças tanto a Tyreese quanto a Bob, se abriu e começou a se sentir quase feliz e, mais importante, a se sentir capaz de confiar nas outras pessoas.

“Ela é bastante solitária e escolhe ser assim.”, diz Martin-Green. “Do lado de fora, ela é alguém que trabalha em equipe mas, do lado de dentro, é uma pessoa solitária. E nós veremos que tipo de pessoa a morte de Tyreese fará ela se tornar. Nós poderíamos presumir que a morte dele fará com que ela confie menos ainda nas pessoas do que antes. Ela chegou a um ponto em que estava pronta para viver de uma maneira mais parecida com Bob – viver, realmente – e então foi agredida [pelo capanga de Dawn] e ficou inconsciente depois de fazer isso. Agora que isso [a morte de Tyreese] aconteceu, nós só podemos imaginar o dano que causou nela. Vai ser triste ver como isso se manifesta.”

sasha-the-walking-dead-5-temporada

“Eu acho que ela definitivamente pensa que o mundo está contra ela.”, acrescenta a atriz. “Ela já se sentiu desse jeito por algum tempo. Se somar todas as coisas que aconteceram com ela, ela definitivamente sente que o mundo está contra ela. Ser uma pessoa tão protetora e que fica tanto na defensiva é a maneira dela de combater o mundo. Eu acho que ela vai se encontrar desse jeito de uma maneira que jamais imaginou. Muito do comportamento dela é defensivo e ela está escondendo isso, de certa maneira. Eu acredito que isso fará com que ela realmente olhe para si mesma e encare a si mesma de uma maneira que jamais fez antes.”

Com mais sete episódios remanescentes na quinta temporada de The WalkingD ead, a jornada de Sasha será uma das maiores storylines a serem exploradas, já que tanto ela quanto Maggie (Lauren Cohan), agora, perderam seus irmãos.

“Ajudaria se ela pudesse contar com alguém.”, Martin-Green diz. “Mas isso não parece algo que Sasha faria. Vai ser uma nova arena para ela; ela vai se abrir de uma maneira que nós nunca vimos antes e em um lugar que nós nunca vimos antes. Ela poderia se tornar alguém que nós não reconhecemos.”

“A segunda metade é ainda mais eletrizante e convincente do que a primeira metade ou do que qualquer coisa que nós já tenhamos visto na série até agora.”, ela diz sobre o que espera sobre o resto da temporada. “Nesse ponto, nós chegamos a uma encruzilhada. Chegamos ao entendimento que nós não podemos continuar indo em frente; temos que fazer algo diferente. Não podemos continuar pulando de um lugar para outro… Nós precisamos encontrar algum tipo de segurança duradoura. A última metade da temporada trata de encarar como a vida é agora e quem você é depois de todas as perdas. As perdas continuam acontecendo – e parece que a única coisa constante na vida é a perda. [A temporada explora] quem você é e quem você é coletivamente em face da perda.”

Como você acha que Sasha ficará após a morte de Tyreese? Compartilhe seus pensamentos abaixo na seção de comentários.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: The Hollywood Reporter
Tradução: Lalah / Staff Walking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA