Siga-nos nas redes sociais

5ª Temporada

The Walking Dead 5ª Temporada: Perguntas e Respostas com Lauren Cohan (Maggie)

Publicado há

em

Lauren Cohan, que interpreta Maggie Greene em The Walking Dead, fala sobre a perda de sua família na tela e seu plano brilhante e inteligente que derrotou os zumbis.

P: Você realmente abandonou o look de menina da fazenda! Como você se sente em relação a isso?

Lauren Cohan: Ela está se tornando mais prática. Quando se está na estrada, você não pode vestir blusas de menina da fazenda e é difícil manter os braços branco. [Risos] Tem sido uma boa evolução e ela está mais centrada na ação. É divertido mostrar a evolução de sua personagem através de todas essas coisas, tanto a aparência quanto o subconsciente. E isso é sobre a criação de um sentimento consistente, que trabalha em conjunto com cenógrafos, cores, etc. O suor e a sujeira são todos personagens da série para ajudar a comunicar isso. Estar sujo e suado é completamente essencial para o papel.

P: Depois de passar vários anos nesta série, o quanto Maggie se tornou uma parte de você?

Lauren Cohan: É difícil olhar para Maggie objetivamente. Eu acho que trago pedaços de mim para a personagem, mas eu sou definitivamente diferente. Minha vida é completamente diferente, mas no fundo, o que queremos, como seres humanos e pelo que estamos lutando não é diferente do que todos nós como seres humanos nos esforçamos para conseguir. Eu tento trazer minhas próprias experiências de vida para ela. Esta série me faz fazer perguntas sobre a vida. É um papel que interpreto, mas isso me afeta em ambas as direções.

P: Qual foi a coisa mais difícil de filmar o midseason finale da 5ª temporada, quando Beth morre?

Lauren Cohan: Para o grupo e, definitivamente, para Maggie, é a impotência – descobrir que ela está viva e, em seguida, chegar tarde demais. É a pura tragédia de momentos “tarde demais” e ver Daryl trazer Beth para fora como uma bonequinha impotente, quebrada. A personagem de Beth é tão pura e para isso acontecer com ela – isso esmaga completamente suas esperanças nesse mundo.

maggie-the-walking-dead-5-temporada

P: Você mencionou que realmente apreciou sua relação pai-filha com Scott Wilson na tela. Foi difícil dizer adeus a Hershel?

Lauren Cohan: Com certeza. Beth e Hershel são esses pilares de luz que foram retirados da vida do grupo e você não entende o porquê. É realmente difícil processar a perda desses personagens e todos nós nos aproximamos tanto nessas situações extremas. Como atores, passamos por essas grandes viagens e nós somos uma família, não importa o que aconteça, mesmo quando as pessoas deixam a série.

P: Você acha que Glenn era um caso perdido quando ele pegou aquele vírus na última temporada?

Lauren Cohan: Sim, com certeza! Especialmente quando você pega esse roteiro e não sabe o que vai acontecer.

P: Glenn e Maggie brincaram sobre tirar umas férias. Para onde você iria nas férias, durante o apocalipse zumbi?

Lauren Cohan: Eu diria que esse casal poderia ir para uma terra de fantasia onde eles poderiam fingir que não tem preocupações. Eu realmente acho que qualquer momento que você está vivendo em um lugar seguro e não tem a sua vida imediatamente ameaçada é algo precioso. É uma realidade diferente agora e é tudo relativo. As férias deve ser algo que te faz esquecer das suas preocupações, mas no apocalipse, a sua única preocupação é a sobrevivência do dia-a-dia. Você não está se preocupando com os impostos e trabalho e coisas assim; e na nossa sociedade, é disso que nós tiramos férias. Para Maggie e Glenn, estar com seus amigos em algum lugar seguro dá a sensação de férias o suficiente – mas se eu pudesse, eu iria para uma ilha onde os walkers não conseguiriam chegar.

the-walking-dead-4-temporada-glenn-maggie

P: Esse parece ser o plano de todo mundo!

Lauren Cohan: Ou talvez nós precisamos de algo como os Jetsons… e poderíamos pairar sobre eles. Zumbis podem ser capazes de nadar, mas eles nunca poderão voar! [Risos]

P: Você passa muito tempo com seus colegas de elenco fora do set. O quão diferente é a dinâmica quando você está não está filmando com eles?

Lauren Cohan: A dinâmica no set é de 90% apenas nós mesmos e, em seguida, atuamos. Posso dizer que somos sortudos e que realmente somos grandes amigos. Agora que temos isto dessa maneira, eu não consigo imaginar algo diferente. Nós vemos uns aos outros o tempo todo. Somos tão sortudos! Então, muitas partes da série são repletas de ação e coragem enquanto outras são realmente desafiadoras no âmbito emocional – e todos nós estamos sempre apoiando uns aos outros. É incrível e eu agradeço os nossos produtores todos os dias por colocarem pessoas incríveis em nossa equipe. O amor é real e a ligação é real.

P: O que foi mais surpreendente nesta temporada para você? E o que foi mais desafiador?

Lauren Cohan: O desafio foi definitivamente perder Emily Kinney (Beth). Isso foi surpreendente e desafiador para todos nós. Eu sempre tento encontrar coisas boas para falar, mas há perdas enormes o tempo todo. Está cada vez mais e mais intenso. Definitivamente, ainda há mais surpresas vindo por aí!

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: AMC
Tradução: Mydiã Freitas / Staff Walking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA