Siga-nos nas redes sociais

5ª Temporada

Robert Kirkman diz que Maggie e Daryl passarão por momentos difíceis

Publicado há

em

A morte de Beth provocou ondas de choque no grupo de The Walking Dead, mas, ainda assim, precisamos ver as reações das pessoas que eram mais próximas dela: sua irmã, Maggie, e Daryl. Robert Kirkman, o criador de The Walking Dead, contou que ambos os personagens passarão por momentos difíceis após os resultados da tragédia no hospital. Ele também deu informações sobre o lugar de Eugene no grupo, a possível reunião entre Morgan e Rick e um conjunto de rostos novos que conheceremos.

EW: Vamos falar sobre a morte de Beth – o que ela fará com o grupo como um todo, e com Maggie, especificamente, agora que ela perdeu o último elo de ligação com sua família.

ROBERT KIRKMAN: A Maggie, de certa forma, está à deriva. Quer dizer, ela tem o Glenn – alguém que certamente é uma grande parte do que fornece estabilidade à sua vida. Mas ela perdeu sua família, um por um, a família Greene – a família que os roteiristas de The Walking Dead odeiam, porque nós sistematicamente matamos todo mundo dessa família. Então, prestem atenção.

Mas, de qualquer jeito, definitivamente há muita coisa com que ela terá que lidar quando retornarmos e, para ela, é um tipo de luto duplo, porque ela pensou que tinha perdido Beth quando perdeu seu pai. E foi como um golpe duplo, “Meu Deus, eu perdi essa pessoa.” E foi um momento de inspiração e de esperança quando ela descobriu que a Beth estava lá fora e que, na verdade, a Beth estava viva, mas então ela imediatamente descobriu o oposto. Então, foi uma espécie de série de eventos visceral que ele teve que vivenciar, e isso pesará tremendamente nela.

Mas, para os personagens como um todo, Beth servirá para lembrá-los de que não importa o quanto você se torne bom em viver nesse mundo – e, no curso dessas cinco temporadas, eles claramente ficaram extremamente bons em viver nesse mundo – o perigo ainda espreita à cada esquina e nenhuma quantidade de preparação poderia deixá-los preparados para tudo. Existem atos aleatórios, existem coisas que irão acontecer que estão fora do seu controle. Isso traz o medo de volta às vidas deles porque eu acho que, com a morte dos Caçadores e o fim do Terminus – mesmo que eles tenham perdido o Bob, sabe – eles meio que chegaram a um ponto em que, quando encontram os zumbis ou encontram pessoas que são ameaças, mas com que conseguem lidar, eles pensam, “Nós conseguimos lidar com os zumbis, nós conseguimos lidar com as pessoas, nós sabemos o que estamos fazendo.” Nós meio que trouxemos mais medo nesse ponto, porque lembramos a eles que qualquer coisa pode acontecer, a qualquer momento.

rick-daryl-the-walking-dead-5-temporada

O que você pode nos dizer sobre como Daryl seguirá em frente em termos da reação dele com a morte de Beth, já que ele obviamente se tornou próximo dela no final da última temporada?

Robert Kirkman: De certa forma, isso pode levar Daryl a uma espiral que pode conduzi-lo em direção a seu velho comportamento. Nós vimos Daryl integrar o grupo de maneiras que ele não tinha feito antes no passado e ficar muito mais próximo de Rick e de Carol do que jamais esteve. E vê-lo interagir com todos esses personagens e ser incluído de maneiras que ele realmente nunca tinha sido em toda sua vida foi algo que nós exploramos. Mas, com a morte de Beth, e como ele se abriu com essa personagem, se importou com ela e terminou perdendo-a – isso poderia deixá-lo um pouco mais distante, o que poderia levar a outras coisas sobre as quais eu não posso falar. Então eu acho que nós definitivamente veremos uma grande mudança no modo que ele interage com todos futuramente.

Nós vimos a reação de Abraham diante da revelação de Eugene de que ele não era um cientista de verdade, mas nós não vimos como Eugene reagiu a isso ainda. Então o que significa para esse grupo com Abraham, Eugene e Rosita, e qual é o lugar de Eugene, agora que sua mentira foi exposta?

Robert Kirkman: Eu diria que esse é um grupo com laços muito fortes, eles três, e que eles estão viajando juntos há muito mais tempo, antes mesmo de nós os conhecermos. E essa situação com Abraham e Eugene em que Abraham descobriu que Eugene esteve mentindo esse tempo inteiro obviamente colocou uma grande quantidade de distância entre eles e agitou a dinâmica grandemente. Eu diria que algumas influências externas que provavelmente chegarão ou irão aproximá-los novamente ou afastá-los para sempre.

Morgan esteve rastreando esses caras, e agora tem em suas mãos o mapa que estava na igreja – podemos presumir que ele está pelo menos chegando mais perto do grupo. O que você pode dizer sobre a possibilidade de uma reunião entre eles em algum momento ao longo do caminho?

Robert Kirkman: Eu diria que seria hilário que nós estivéssemos fazendo todas essas cenas com Morgan e ele não se encontrasse com eles. Não seria uma escolha estranha? Tipo, aqui está o Morgan! Aqui está o Morgan! Ele está a um passo de distância! Aqui está o Morgan! Oh, vocês não o encontraram! Ele está no oceano! Está em um bote! Nós nunca o veremos novamente! Tão estranho. Então, por mais que eu não vá confirmar que Morgan vá eventualmente encontrar nossos personagens, eu direi que seria um lapso de nossa parte se ele não os encontrasse.

morgan-the-walking-dead-5-temporada

Eu sabia que muitos personagens apareceriam nessa segunda metade da quinta temporada. O que você pode dizer em termos dos personagens que estão nos quadrinhos, dos personagens que não estão nos quadrinhos, como eles vão se ajustar a esse mundo e como eles podem impactar a longo termo o elenco principal?

Robert Kirkman: Há muitas coisas inesperadas chegando. Os leitores dos quadrinhos certamente têm uma vantagem em descobrir o rumo que as coisas tomarão, e todos deveriam ler os quadrinhos. Por favor, coloquem isso no Entertainment Weekly. Mas, mesmo para os que leram a série de quadrinhos, há muitas mudanças, muitas diferenças, muitas coisas inesperadas.

Então eu diria que há um número significativo de personagens possivelmente no horizonte, e um bom número desses personagens será adaptado diretamente dos quadrinhos, o que é muito animador. E alguns deles serão mudados um pouco por várias razões. Então, haverá uma mistura. Há personagens com os quais você estará familiarizado por causa dos quadrinhos, e há novos elementos ou alguns ajustes nesses personagens de maneiras interessantes que, com sorte, melhoram a história de maneiras que descobrimos. Então, há muita coisa nova adiante, eu posso dizer isso.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly
Tradução: Lalah / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA