Siga-nos nas redes sociais

4ª Temporada

The Walking Dead 4ª Temporada: Alanna Masterson fala sobre as motivações de Tara

Publicado há

em

Na série The Walking Dead, a personagem de Alanna Masterson, Tara, parece ser a sobrevivente solitária do acampamento do Governador. Mas se não fosse por Glenn (Steven Yeun) no episódio da semana passada, é provável que ela fosse um pouco “mastigada”.

Exigindo que ela saísse de sua embriaguez suicida (ela parecia irremovível enquanto os walkers se aproximavam), Glenn trouxe Tara de volta, colocando-a numa missão de ajudá-lo a encontrar sua “esposa”, Maggie.

Consumida pela culpa devido ao seu papel no ataque da prisão, terminado na primeira metade da quarta temporada, Tara rapidamente foi capaz de lidar com a tarefa, ajudando Glenn a sair da prisão e salvando-o de se tornar uma refeição para os walkers, quando ele desmaiou diante de uma mini-horda.

Com a morte de sua família e de sua namorada, Tara tem muitos problemas com que lidar, e não só do trio de recém-chegados que surgiram no episódio “Inmates”. Quando conversou com o AccessHollywood.com na semana passada, Alanna compartilhou algumas impressões bastante reflexivas sobre como Tara está se sentindo, suas motivações para ajudar Glenn, e um insight sobre o ruivo que estava segurando uma arma e acabou de fazer sua estreia em The Walking Dead.

AccessHollywood.com: Nesse ponto, Tara se arrepende de ter cumprimentado Brian Heriot (O Governador) com o punho mais cedo nessa temporada?

Alanna Masterson: Eu não sei se a palavra seria “se arrependendo”. Eu acho que ela foi feita para acreditar que essa pessoa a protegeria, e ele a protegeu. Quero dizer, era isso. As pessoas dizem, “O Governador é tão mal!” Mas, nos olhos dela, ele as ajudou. No fim, foi ruim, mas, sim, eu acho que ela… talvez quisesse ter levado sua família e ter ido noutra direção e não quisesse ter saído do apartamento com ele.

glenn-tara-the-walking-dead-4-temporada-Inmates

Access: Esse é um bom ponto, porque ele ensinou muitas habilidades a ela. Elas saíram sabendo como matar um walker.

Alanna Masterson: Absolutamente. As pessoas disseram, “Oh, você deve odiá-lo!” e foi, tipo, “Bem, sabe, ele as tirou da casa delas, onde elas provavelmente não teriam sobrevivido por muito tempo, de qualquer modo, e fez o melhor que pôde – ainda que suas intenções, obviamente, tenham falhado.” Eu acho que ele realmente queria criar um lar para Meghan, Lilly e Tara e então [Tara], por sua vez, queria criar um lar para ela e Alicia e acho que ela percebeu – quando ele levou os prisioneiros – que ele não era o homem que ela pensava que conhecia.

Access: Você acha que Glenn, basicamente, deu a Tara um interesse renovado na vida? Que ela pode repensar em cometer suicídio (deixando um walker mordê-la) na horta da prisão.

Alanna Masterson: Acho que, na vida, quando alguém comete um erro, uma porcentagem muito reduzida das pessoas levam isso às últimas consequências, de modo que não podem se erguer ou se mover. Acho que muitas pessoas, uma vez que percebem que fizeram algo realmente errado, fazem tudo o que for preciso para compensar um pouco, ainda que ela saiba que não pode recompensar o Glenn e consertar tudo. Mas se ela pode tentar, com todas as suas forças, ajudá-lo a encontrar sua esposa, então ela fará isso. E eu não sei se ele necessariamente deu uma nova chance a ela, eu acho que ela pensa, “Eu realmente f#di com tudo e realmente preciso fazer algo para me redimir com essas pessoas. Eu não sei o que é e o que será necessário fazer ou se morrerei no processo.”, o que me faz pensar que é por isso que Glenn e Tara são muito semelhantes… Glenn era aquele que sempre estava fazendo aquelas missões loucas nessa temporada e ele meio que era… o rapaz que estava encarregado dessas coisas loucas… eu acho que ela simplesmente não se importa. Ela fará tudo que for necessário.

Access: Você acha que ela precisa se desculpar com essas pessoas? Ela pensava que estava fazendo a coisa certa…

Alanna Masterson: Eu acho que não são desculpas para Maggie e Glenn, Rick e Daryl. Ela não conhece essas pessoas. Eu acho que são desculpas para sua irmã e sua sobrinha, porque sua irmã e sua sobrinha estavam vivas e elas encontraram uma pessoa que precisava de ajuda, elas o ajudariam… Acho que são desculpas para sua família e para o que ela fez na prisão. Mas não acho que seja necessariamente, “Olá, eu lamento muito, eu te ajudarei a fazer qualquer coisa que seja.” Penso que seja, “Eu preciso, pela minha própria consciência, fazer o que é certo.”

alanna-masterson-tara-chambler-the-walking-dead-4-temporada-002

Access: Ela perdeu todos… mas é tão resiliente e, agora, está lutando com walkers e salvando Glenn. O que você acha que existe nela que pode fazê-la entrar em ação e levar a vida adiante?

Alanna Masterson: Ela é simplesmente muito resistente… Ela lutará até o fim. É quase como aquela cena engraçada em “The Holy Grail”… Qual é o filme? Aquele em que ele, tipo, tem os braços cortados e fica, “Eu ainda vou lutar!”, e eles ficam, “Não, você perdeu seus braços!” Eu não acho que ela desistirá. Eu acho que ela poderia estar cercada por 800 walkers e ainda lutaria para escapar.

Access: Aposto que ela ficou feliz de poder desistir dos “Spaghetti-O’s”.

Alanna Masterson: É, mas eu não sei o que diabos ela está comendo agora. O engraçado nessa série é que você nunca os vê comendo comida.

Access: Exceto naquela cena do David [Morrissey] [na primeira metade da temporada]. Eu realmente pensei que ele estava comendo ração de gato, mas ele me contou que era atum.

Alanna Masterson: Era atum. Era nojento, e eu tive que comer Slim Jims no meu primeiro episódio, e comi 20 Slim Jims, porque, sabe, quando você se senta para assistir a um filme, e os atores estão se sentando para jantar e seus garfos estão se movendo, mas você nunca vê os atores comendo e sempre pensa, “Eu não sei porque vocês não estão comendo”. “Porque a comida é nojenta e você não precisa comê-la!” Então eu pensei, “Eu vou ser essa pessoa! Eu vou, tipo, me comprometer!” Então eu mastiguei os Slim Jims mais nojentos de todos. Eles eram muito nojentos. (Risos)

Access: Adiante nesse episódio, o que Tara acha do Sargento Abraham Ford? Ele saiu do caminhão. Se você não sabe quem ele é [dos quadrinhos]… você ficaria preocupada se fosse uma mulher e um cara dissesse para você, “O que mais você tem?”

Alanna Masterson: Bom, isso é algo que conversei muito com o [showrunner] Scott Gimple — ele sai do caminhão, tem um sorriso no rosto e sua arma está levantada. Então, naquele momento, sua linguagem corporal é não ameaçadora. Então, ele fica, “Você grita bastante, sabia?” – o que ela claramente sabe – “O que mais você tem?” Acho que é só, acho que é só a personalidade de Abraham…

O que você está achando do desenvolvimento de Tara? Será que ela vai conseguir sobreviver a quarta temporada? Deixe todas as suas teorias e pensamentos nos comentários abaixo.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Access Hollywood
Tradução: Lalah / Staff Walking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA