Siga-nos nas redes sociais

Série

The Walking Dead 1.05 “Wildfire” Review

Publicado há

em

Segue aqui no walkingdeadbr a review do episódio “Wildfire”

Foi bem abaixo de “Vatos”, mas o episódio de hoje de The Walking Dead ainda bateu um home run de várias maneiras. O que tornou o episódio mais interessante, porém, foram varias as vezes que ele não chamou a atenção. O episódio, intitulado “Wildfire”, foi realmente um assunto bastante calmo. Se bem me lembro, só encontrei uns três ou quatro zumbis (e olhe lá) o episódio todo. Muito parecido com os outros episódios ímpares nesta temporada, “Wildfire” centrado mais nos personagens e menos nos zumbis  perseguindo eles. Jim conheceu seu ordenado destino, mas alguns personagens não é de surpreender. Eu estou falando sobre Shane, que parecia tudo preparado para ser o assassino. É assim que aconteceu  nos livros, pelo menos, mas parece que o show decidiu ir em outra direção, marcando o primeiro grande desvio da série. E você sabe o quê? Eu gosto disso. E então nós temos algo que só pode ser descrito como o “O Momento da Escotilha” (LOST) nós nos encontramos com Jenner, o cientista do CDC. Uma parte surpreendentemente grande do episódio foi dedicado ao cientista bêbado estranho e  lobo solitário, e embora a sua partes fossem um  pouco tediosas, o tempo gasto com ele no laboratório (com o próximo episódio de titular “TS-19” da amostra) foi bem gasto. A luz brilhante de esperança no fim do episódio desta semana foi um sinal de esperança para os sobreviventes à medida que encontram os seus primeiros sinais de esperança, uma vez que a praga de zumbis foi declarado “fogo”. Mais uma vez, The Walking Dead tem dosado nos com uma batida forte de ironia e emoção.

Publicidade
Comentários

EM ALTA