Siga-nos nas redes sociais

Série

Spoilers completos do 13º episódio da 11ª Temporada de The Walking Dead

Confira aqui todos os spoilers do Episódio 13 – “Warlords” (Senhores da Guerra) da 11ª temporada de The Walking Dead.

Publicado há

 

em

Montagem com Gabriel e Aaron em cena do episódio 13 da 11ª temporada de The Walking Dead e um alerta de spoilers do episódio.

The Walking Dead alavancou milhões de fãs pelo mundo e até hoje é uma das séries mais aclamadas pela audiência. Nos Estados Unidos, alguns fãs acabam tendo acesso antecipado aos episódios e vazam informações de maneira anônima na internet.

Lembrando que por se tratar de algo divulgado por uma fonte não oficial, devemos sempre tratar esses spoilers como algo incerto.

Abaixo, você encontra spoilers divulgados pelo @amcwalkngdead que correspondem ao episódio “Warlords” (Senhores da Guerra) da 11ª temporada, que vai ao ar antecipadamente no AMC+ no próximo domingo (13/03).

SPOILERS THE WALKING DEAD S11E13 – WARLORDS

Alguns meses se passaram. Elijah e um dos outros jovens estão tendo uma competição para ver quem consegue matar mais zumbis com flechas das paredes onde eles estão de guarda.

Lydia aparece, ela vai deixar Hilltop e ir para a Commonwealth. Elijah parece ter uma queda por ela e ele pergunta se ela vai voltar. Elijah se oferece para caminhar até o posto de controle da Commonwealth com ela e, enquanto conversam ou flertam um pouco, ouvem um cavalo.

Quando Elijah olha através de seus binóculos, ele percebe que o cavaleiro não é um deles, mas está gravemente ferido. O cavalo trota até o portão, o cavaleiro cai porque levou um tiro. Ele tem um mapa sujo de sangue na mão e diz a eles que seu povo precisa de ajuda, mas é tudo o que ele consegue falar antes de morrer.

LEIA TAMBÉM:
Okea Eme-Akwari explica a origem da máscara de Elijah em The Walking Dead

Maggie se recusa a ajudar seu povo porque não quer desperdiçar seus escassos recursos. Lydia diz a ela que vai ajudar e depois vai para a Commonwealth. Elijah vai com ela e, embora Maggie esteja hesitante, ela também vai.

No caminho, Maggie e Lydia falam sobre por que Lydia quer ir para Commonweaith. Lydia gentilmente deixa Maggie saber que ela acha que Maggie tomou a decisão errada e que as pessoas estão indo embora porque querem fazer mais do que apenas sobreviver, elas querem viver.

Maggie conta uma história sobre quando ela morava na fazenda da família com o seu pai. Os construtores do local estavam sempre farejando a fazenda, mas seu pai nunca a venderia. Então, um ano, houve uma terrível corrente de ar e eles estavam lutando para sobreviver.

Os construtores viram sua chance, então ofereceram 3x o valor da fazenda. Hershel disse que não. Eles começaram a deixar caixas de comida para o gado e animais na varanda, e Hershel deixou apodrecer. Ele disse que eles estavam sendo testados, mas que a corrente de ar terminaria e eles estariam mais fortes do que nunca. Eles apenas tiveram que se unir e foi o que aconteceu. O rascunho terminou e eles se levantaram. Foi muito difícil, mas eles conseguiram… Eles conversam um pouco mais sobre isso e Lydia diz que tudo o que ela conhece é dificuldade, então ela só quer que todos os dias sejam iguais pelo menos uma vez. Elijah concorda. Maggie, Elijah e Lydia esbarram em três soldados da Commonwealth que são caminhantes na estrada. Eles abatem os soldados. Então alguém vem correndo até eles. É Aaron.

LEIA TAMBÉM:
O que sabemos sobre Commonwealth em The Walking Dead até agora?

Aaron agora está trabalhando como recrutador para a Commonwealth. Ele vai até Gabriel e diz que precisa dele para uma missão. É uma missão de primeiro contato com um grupo religioso que vive em um antigo prédio de apartamentos muito seguro. O recrutador-chefe da Commonwealth leva Aaron, Gabe e o garoto (Jesse) que vemos baleado no cavalo em Hilltop. Eles pegam alguns soldados da Commonwealth e vão para este prédio e uma garota com a cabeça raspada é um dos guardas.

Aaron, Gabriel, Jesse e o recrutador-chefe, Toby, conversam em uma reunião com o líder do grupo religioso. O líder do grupo é violento e maluco e Aaron está preocupado que eles estejam passando por cima de suas cabeças, mas de repente o recrutador-chefe, que não parecia nem um pouco intimidador, dá um golpe no líder do culto.

Toby atira no joelho dele, o leva como refém e começa a matar um monte de outras pessoas do culto. Gabriel tenta intervir, mas Toby manda os soldados algemá-lo. Acontece que Toby era um ex-assassino da CIA. Lance enviou Toby ao grupo de culto porque suspeitava que eles roubaram um carregamento de suprimentos e armas destinados a Alexandria. Ele enviou Toby sob o disfarce de “missão de primeiro contato” para recuperar o material. Toby é um maluco completo e realmente perigoso.

Maggie, Elijah e Lydia olhando para soldados de Commonwealth mortos na estrada no episódio 13 da 11ª temporada de The Walking Dead.

LEIA TAMBÉM:
Um novo grupo surge no trailer do próximo episódio de The Walking Dead

Negan Smith está de volta! Há muitas cenas cortadas que vão e voltam com o tempo. Antes de Jesse pegar o cavalo que ele levou para Hilltop, ele está se escondendo quando alguém vem até ele exigindo saber quem ele é e por que ele está lá. É Negan. Negan está com outro grupo que faz parte do grupo religioso, mas não totalmente. Eles parecem estar apenas compartilhando o mesmo espaço com eles.

Há uma mulher no novo grupo do qual Negan faz parte, que ele parece realmente respeitar. Quando Jesse descreve Aaron e Gabriel, Negan sabe imediatamente a quem ele está se referindo, mas ele não tem ideia do que é a Commonwealth; ele só sabe que eles estão em apuros.

Então, Negan dá ao garoto um mapa para Hilltop e diz a ele para falar com Maggie e dizer a ela que Aaron e Gabriel estão com problemas. Jesse vai embora e é quando Toby o vê saindo e diz aos soldados da Commonwealth para atirar nele. Eles atiram e é por isso que ele está perto da morte quando chega a Hilltop.

Negan e a mulher entram e aparecem atrás de um soldado da Commonwealth segurando Gabe, que está algemado. Eles matam o soldado Commonwealth e libertam Gabriel. Enquanto fazem isso, eles veem Toby do lado de fora com uma arma apontada para Aaron.

LEIA TAMBÉM:
Isle of the Dead | Anunciado novo spin-off de The Walking Dead focado em Maggie e Negan

A arma está sem balas, mas Toby tentou atirar nele. Gabriel quer ajudar Aaron, mas Negan o avisa que, se eles saírem, todos estarão mortos. Então, Gabe, Negan e a mulher saem correndo daquela sala e desaparecem por uma porta.

Enquanto isso, Toby está jogando os membros do culto do telhado porque eles não dizem a ele onde estão os suprimentos, que eles não têm. A certa altura, vemos alguns membros do grupo religioso no que parece ser um apartamento ou um quarto escondido.

A mulher fala com o grupo e diz que lan não foi o primeiro líder, referindo-se ao líder do culto que Toby assassinou. Ela faz um discurso inspirador sobre eles ficarem juntos e como eles vão superar isso. Enquanto isso está acontecendo, eles estão ouvindo Toby jogar outros membros do grupo do telhado porque eles não dizem a ele onde estão as armas e os suprimentos.

Depois que ele jogou todos do telhado que ele tinha lá em cima, ele diz aos soldados da Commonwealth para irem de quarto em quarto e matarem todos que não querem falar. Aaron e Maggie entram no prédio para tentar descobrir onde Toby está para matá-lo. Eles matam um soldado da Commonwealth, antes de esconder o corpo e depois ir mais fundo no prédio.

O que você achou dos spoilers? Quais as suas expectativas para o episódio 13 da última temporada de The Walking Dead? Deixe todos os seus pensamentos nos comentários abaixo!

Publicidade
Comentários