Sobre o Autor

Rafael Façanha

Rafael Façanha

Zumbi Chefe no Walking Dead Brasil. Blogueiro, viciado em Magic, conectado 24 horas por dia e até já fui reconhecido como Wikipédia-Viva de The Walking Dead. Meu mundo é dividido em assistir muitas séries e filmes.

Artigos Relacionados

  • Douglas

    Eu iria fazer de tudo para que eu ficasse vivo,e também para proteger aqueles que estão perto de mim.Ao assistir ‘The Walking Dead’,pude ver que mesmo em um apocalipse zumbi,terão pessoas que serão bem mais perigosas do que os mortos,ou seja,os mortos não seriam a única ameaça.Assim,o objetivo seria sobreviver,me acostumando cada dia mais com a realidade monstruosa,e por que não,’fantástica’ que eu viveria!
    @douglasaaugusto

  • Ana Carolina

    Eu primeiramente iria atrás das pessoas mais próximas de mim, pra então irmos para algum lugar semelhante à fazenda do Hershel. Eu iria reagir um pouco como o Daryl um estilo mais caça e um pouco como o Rick que já é mais estratégia, como os dois formam uma dupla perfeita eu provavelmente iria viver mais por conta disso!
    @anacarolna_

  • Pedro Carvalho

    Eu com certeza ficaria muito assustado, mas ao mesmo tempo ” nossa, eu esperei isso a minha vida toda” eu procuraria minha familia, pegaria o máximo de alimento possível, procuraria armas, brancas no caso, procuraria ajuda militar, mas sabendo que nem todas as pessoas são confiáveis, tentaria ficar o mais longe possível dos zumbis, procuraria um ótimo abrigo, como uma fazenda, ou tentaria construir uma civilização bem protegida, eu nunca iria baixar minha guarda, assim como Rick Grimes diz, e sempre ter pensamentos positivos! @p3dr0.walker

  • Edson Oliveira

    Se o mundo fosse dominado por zumbis, eu iria sair a procura de alimentos enlatados e de armamentos, pegaria minha familia e sairia em busca de um local seguro longe dos grandes centros. Com todos em segurança faria treinamento de tiro e defesa com outras armas(faca, taco, arco) e dividiria funções para cada um do grupo. @ed_oliveeira

  • Luiz Vitor

    De início eu ficaria muito assustado, mas eu correria para encontrar as pessoas mais próximas de mim. Após tentar reunir um bom número de pessoas, eu reuniria muitos suprimentos, procuraria tudo que fosse cortante, pontudo ou afiado. Iria até um supermercado mais próximo para pegar mantimentos, e a uma farmácia para pegar remédios e sairia o mais rápido possível da cidade, rumo ao interior, tentar sobreviver mais um dia ficando atento não só aos zumbis, mas também as pessoas.
    @luiiz_vitoor

  • Lucas Neves

    Eu colocaria em prática tudo que aprendi com o universo de The Walking Dead. Evitaria cidades grandes, onde os zumbis estariam em maior quantidade. Procuraria armas que estivessem ao meu alcance (Pois no Brasil não temos tantas armas de fogo como nos EUA), me abrigaria em um local com um estoque de comidas que durasse alguns dias, onde eu poderia parar pra pensar o que faria. Seria sempre cauteloso nas locomoções, para tentar sempre passar despercebido. Sempre tendo em mente que perdas aconteceriam, que o mundo não era o mesmo, e que a dificuldade para sobreviver seria maior do que as dos dias ”normais” que vivemos. Manteria meu grupo o máximo possível unido, e também com um certo receio de novos sobreviventes. Enfim, procuraria um local onde eu pudesse resgatar a essência da humanidade, e reconstruir uma sociedade a partir dali.

    @lucasneves_7

  • Roberto Gabriel

    Eu reuniria todas as pessoas que eu amo e pegaria o maximo de suprimentos possiveis. Evitaria cidades ou lugares grandes, porque saberia que são lugares que pode ser encontradas grandes hordas de zumbis. Seguiria para areas rurais, e se fosse preciso matar, pra proteger as pessoas do meu grupo, mataria. Todos os dias eu e meu grupo, sem excessao, treinariamos duro, pra caso um dia tivessemos que lutar com um outro grupo. @robertuuh_z

  • Mariana May Cry

    Eu iria pra um lugar afastado e procuraria suprimentos (água e enlatados),eu usaria armas brancas de efeito,se eu achasse armas de fogo eu pegaria o máximo de munição possível,procuraria uma farmácia e pegaria tudo o que pudesse,em seguida eu iria atrás de um veículo,e claro,gasolina…depois eu iria atrás de uma fazenda/sítio de frente a um campo aberto e se possível perto de um lago com água potável e bem afastada pra me abrigar. @mariana_may_cry

  • Bárbara Lacerda

    Procuraria comida, água e tudo que pudesse ser usado como arma, como facas e martelos, e fugiria com as pessoas mais próximas a mim para um lugar afastado da cidade, pois quanto mais gente numa cidade maior a chance da maioria já ter morrido. Tentaria encontrar um lugar com cercas ou muros e revesaria com alguém para vigiar o local, caso apareça zumbis ou outras pessoas. Criaria códigos e táticas para caso algo acontecesse, e se alguém tentasse entrar pro grupo, seria sempre vigiado e nunca iria ter completa confiança, porque nunca se sabe se ele pode vir a nos trair. (@babslacerda)

  • Isabela Parreira

    Se o impensável acontecer, isto é, a humanidade chegar a beira da extinção. Eu esperaria, no mínimo, incontáveis evacuações, ondas de suicídios e guerras. Se minha “sanidade” continuar intacta em meio ao caos, não pretendo estar presente diante dessa catástrofe. Logo, fugiria da civilização, com um grupo, o mais rápido possível.Encontraríamos um lugar remoto e desabitado do planeta e reconstruiríamos nossa vida a partir do zero.Primeiramente, garantir um abrigo e fortificá-lo, mas sempre discutindo planos de evacuações e rotas planejadas de emergência.Depois disso, certificar habilidades e recursos em minha “comunidade” que sejam essenciais para a nossa sobrevivência,ou seja, um ferreiro, um agricultor e principalmente um médico, ou o mais próximo de disso.Mas, o mais importante, assegurar o mínimo de civilidade na minha nova “família”, afinal, as pessoas têm se adaptado desde os primórdios e superado todo os tipos de mudanças e de situações extremas.

    @isabelaparreiira

  • Mari

    Primeiramente eu iria estocar todos os tipos de alimento, manteria contato com algumas pessoas e arrumaria um abrigo seguro. Nos primeiros dias cada um teria uma função, que poderia ser segurança, economia, recrutamento e contato com outros grupos. Conforme os dias fossem passando e os suprimentos acabando, iríamos migrando e aprimorando nossas habilidades dentro do possível, acolhendo pessoas que encontrássemos no caminho. Aos poucos, cada membro do grupo estaria apto para sobreviver sozinho em algum tipo de emergência. Mas nem sempre nossa vida seria focada em apenas sobreviver, quando estivéssemos com suprimentos sobrando e um lugar estável, ainda seríamos humanos, com comemorações e algum tipo de entretenimento. Tudo seria questão de organização e de calma, confiança e esperança.

    @booyapotter

  • Débora Teach

    Eu seguiria Rick Grimes!

    Instagram: @debora.teach
    Twitter: @deborateach

  • Larissa Dixon

    Primeiro de tudo,eu ficaria em casa,não sairia para lugares públicos,hospitais,supermercados,seria mais fácil de encontrar minha família ou alguém conhecido.Com certeza iria ter gente invadindo,roubando coisas,então precisaria trancar bem as portas,fechar as cortinas e não chamar a atenção! Claro,minha comida iria acabar algum dia,e se eu ainda estiver sozinha em casa,é melhor sair,procurar algum lugar longe das cidades,e também procurar pessoas,um grupo,afinal ninguém consegue viver em um APOCALIPSE sozinho,não quero enlouquecer. rsrsrs

    @larissa_dixon

  • Larissa Dixon

    Primeiro de tudo,eu ficaria em casa,não sairia para lugares públicos,hospitais,supermercados,seria mais fácil de encontrar minha família ou alguém conhecido.Com certeza iria ter gente invadindo,roubando coisas,então precisaria trancar bem as portas,fechar as cortinas e não chamar a atenção! Claro,minha comida iria acabar algum dia,e se eu ainda estiver sozinha em casa,é melhor sair,procurar algum lugar longe das cidades,e também procurar pessoas,um grupo,afinal ninguém consegue viver em um APOCALIPSE sozinho,não quero enlouquecer. rsrsrs

    @larissa_dixon

  • Matheus Albuquerque

    Faria tudo como fazem em The Walking Dead, e diria para todo mundo: “na série funcionava”

    @mathalbuqrq

  • Rafael Ribeiro

    Se você sair, você arriscará a sua vida. Se você bebe água você arrisca sua vida. E só de respirar, você já arrisca sua vida. A única coisa que se pode escolher é pelo que você irá arriscar.
    Você luta. Você não desiste. E um dia, você simplesmente muda. @raffa.rbr

  • Ezequias Guimaraes

    Eu encontraria um grupo de sobrevivente e diria que era uma cientista encrregado de ir para Capital desenvolver uma cura e que eles precisam me proteger para isso.
    Instagram: @ezequias_guimaraes
    Twitter: @fuckkio

  • Rômulo F.

    Entre os momentos que exigiriam sobrevivência física: eu escreveria. Marcaria os lugares por onde passei, deixaria avisos nas paredes, criaria um diário, daria meu testemunho de guerra – escreveria minha história como humano na tentativa de evitar me tornar, ainda vivo ou morto, um zumbi.

    Instagram: @leixapren

  • Gustavo

    Primeira coisa seria pegar o máximo de mantimentos e depois se manter em casa até tudo se acalmar. O desespero inicial pode durar horas ou dias, mas o importante é apenas esperar um tempo. Depois, junte suas coisas e saia por ai, para achar outros sobreviventes e sempre a procura de um lugar melhor para ficar. Só não tente bancar o herói, em um mundo pós apocalipse o único lema é SOBREVIVER, mesmo que isso custe a vida de outros.

  • Mayrlla Santana

    Primeiramente, alertaria quem eu pudesse e quais medidas deveriam ser tomadas, mantendo-os comigo e assim, formando um grupo. Mostraria à eles o que fazer, (como na série, livros e hq’s) assim que avistasse algum zumbi vindo em sua direção, ensinando-os a sobreviver com quaisquer ferramenta que tivesse em mãos e também a ajudar outras pessoas, afim de fortalecer o grupo. Seguiríamos vivendo em busca de suprimentos e todas as coisas possíveis para nos manter vivos, idealizando coisas que pudessem acontecer e evitando-as propondo regras, indo à lugares menos propenso à invasões e com segurança, como forma de proteger a si e a todos.

    Instagram: @maysntt

  • Lucas Janotti

    Provavelmente eu iria encontrar meus familiares, para ter um ultimo momento em familia, pois sei que nem todos iriam sobreviver… Conseguir bastante mantimentos e armas para poder sobreviver e encontrar um grupo forte, proteger uns aos outros.

  • Jennifer Oliosi

    Bom, quando bombase a noticia do apocalipse eu trancaria tudo aqui em casa: janelas, portas e tudo que há para trancar eu trancaria kk ficaria em casa pelo menos até passar essa “febre”, não sairia de casa nem que me pagassem.. O porque? Porque os lugares que eu pensei em ir, a maioria de pessoas já pensaram, mercados, shopping, hospital, hidroelétricas entre outras.. Seria suicídio, ainda mais para uma pessoa azarada como eu, teria muita confusão, e muita gente sairia morta.. Então com toda certeza eu ficaria em casa pelo menos até a comida acabar. Não trocaria o certo pelo duvidoso! ? @jeoliosi_

  • Bruna Crona

    Em primeiro lugar eu encontraria uma arma para poder me proteger, mas como sei que não poderia derrotar todos os zumbis sozinha, eu cortaria os braços e mandíbula de pelo menos um dos zumbis, acorrentaria ele e usaria o mesmo para perambular entre os demais sem ser incomodada, exatamente como Michonne no começo da série! Manteria o mesmo zumbi comigo para poder sobreviver sozinha, ou até achar um grupo de sobreviventes em que eu poderia confiar!

    Instagram: @brunacrona

  • Kathy Nogueira Gomes S

    Num mundo onde os mortos caminham, ou você mata e morre, ou você morre e mata. Não podemos ser sempre os mocinhos, temos que fazer coisas que não queremos fazer, mas é preciso se quisermos ter uma chance de sobreviver. É importante estarmos sempre junto das pessoas que nos são importante, pois juntos somos mais fortes. Eu tentaria ao maximo proteger meus entes queridos, pois sem eles eu não seria nada. Tentaria não perder as esperanças. Tentaria achar um lugar onde pudessemos viver da melhor forma possivel, recolhendo suprimentos e armamentos e tentando fazer aquele lugar dar certo e tomando cuidado para não cruzar o caminho das pessoas erradas.

    Vc pode fugir e correr,
    mas não poderá para sempre se esconder.
    Uma hora vc terá que sair e enfrentar
    os mortos que voltaram a andar.

    Não há lugar seguro, não há lugar permanente. A estrada é iminente.
    Você pode não conseguir “voltar´´, mas não deixe de tentar…
    Tentar e tentar, não há nada a perder agora
    a não ser olhar para as flores e se entregar ao seu destino.

    Nós somos os mortos que caminham.

    ( fiz esse poema inspirado em The Walking Dead )

    @nogueirakathy

  • Ingrid Fernandes Barbosa Silva

    Primeiramente, avisaria às famílias sobre o que está acontecendo, como agir, como matar um walker e se proteger em qualquer hipótese desses mortos caminhantes, faria uma pequena cidade murada no meu condomínio com total segurança, ensinaria crianças a cima de 8 anos à atirar e os adultos que não saibam manusear uma arma, como mostra na 2 temporada na fazenda o treinamento com armas para se proteger, um ajudando o próximo, buscar os suprimentos só saíram da cidade os que manuzeiam uma arma melhor, protegeria minha família e faria de tudo para proteger outras famílias, pois temos sim uma chance de sobreviver sem que ninguém morra por ti ou por todos, um grupo em que podemos confiar, tomar cuidado para não cruzar o caminho das pessoas que só querem seu mal só por que quer sobreviver a qualquer custo, sem pensar nos próximos que também querem, são algumas coisas que aprendi com os livros, as HQs e a série que me ensinaram bastante sobre um mundo dominado pelos mortos, e que unidos podemos ir longe se juntos sempre ficaremos mais fortes! Instagram: @ingridfernandess

  • Yasmin Ávila

    A primeira atitude que eu tomaria seria juntar meus familiares mais próximos em um local seguro, passando todas as informações que conheço a respeito de zumbis. E junto com eles planejaria as melhores rotas para buscar mantimentos em segurança, utilizando de todas as ferramentas como armas, desde pás a facas. Durante esse caminho encontrar um lugar seguro que pode se tornar estável e fortificado para se tornar uma “nova casa”. Sempre lembrando que mais perigosos que os mortos-vivos, são os que ainda permanecem vivos, deste modo, utilizaria as três perguntas que Rick usa para entrevistar as pessoas, sempre mantendo os olhos bem abertos quanto ao estranhos.
    Instagram: @yasminsavila

  • gabriela

    Procuraria meus familiares, para que juntos iremos em busca de um abrigo bem longe das grandes cidades. Em seguida tentaremos conseguir grandes quantidades de agua, comida, medicamentos e muitas armas para nos protegerem, para que assim, ao longo dos dias, procuraremos sobreviventes, para que assim nos tornemos cada vez mais FORTES. Instagram: gaabysanches

  • Tatiane Mota

    Eu pegaria bons livros
    @tatianemota22

  • Luana

    Daria um jeito de salvar as 3 pessoas mais importantes da minha vida, custe o que custar eu iria salva-lás. Arranjaria um lugar seguro e estratégias de sobrevivência, e futuramente um grupo para tornar tudo mais fácil.
    insta: luasousa_

  • Camilly

    Eu simplesmente pegaria uma faca e dirigiria até uma loja de armas. O ideal seria que as pessoas tivessem uma espécie de casa subterrânea, mas né… Se eu estivesse na escola quando começasse, pegaria o révolver do segurança e roubaria um carro, iria atrás da minha família (e corram para as colinas. Brinks)

    Intagram: @camilly_menezes
    Twitter: @CamillyGM

  • Pedro Henrique

    Com o mundo dominado por zumbis as alianças me manteriam vivo. Certamente procuraria um grupo a qual me aliar, afinal é mais difícil sobreviver sozinho. Faria desse grupo a minha família, mantendo-o sempre por perto e os inimigos mais perto ainda, pois nessa vida ou você mata ou morre, ou morre e mata.

    @pedrobarrosamorim

  • Rafael Robson

    No começo de um Apocalipse Zumbi, as autoridades nunca iriam falar o que realmente está acontecendo, com o surgimento de noticias estranhas e acontecimentos bizarros nos noticiarios, eu tentaria fazer da minha casa (que é grandinha por sinal), uma fortaleza impenetrável, junto com a minha familia, me armaria até os dentes com o que tivesse e esperaria um tempo ali, no ritmo que as coisas melhorassem ou piorassem, eu teria que tomar algumas decisões importantes, mas nunca abandonaria meus pais, tentaria manter contato com amigos e saber como eles estão, até chamando-os para ajudar e se protegerem. @rafa_robson

  • Gabriel Correr Vitti

    Assistiria todas as temporadas de “The Walking Dead” e observaria as técnicas usadas pelos sobreviventes e depois as colocaria em ação, simples assim. @gabrielvitti_

  • Tailine

    Eu pegaria minha familia, meus dog e fecharia uma rua inteira; alem de pega uns suprimentos e tals pra sobrevive um tempo. Aí se aparecesse alguma ameaça humana eu ameaçava eles com os cachorros.

  • Fabrizio Cepollina

    Eu pegaria minha família, amigos e sobreviventes e deixaria meu prédio anti zumbis e depois de um tempo eu iria para uma prisão ou uma fazenda sem arvores envolta para não ser pego de surpresa , e depois de muito eu cercaria uma pequena cidade e ficaria la sobrevivendo ate eu aguentar. instagram:@fabrizio38

  • Gabriely Pimentel

    Em um mundo dominado por zumbis eu entraria em todos os hospitais atrás de um Rick Grimes que acabara de acordar de um coma, um líder nato e quase imortal é sempre a melhor opção de sobrevivência. Procurar por um Hershel, um médico que tenha a cabeça no lugar, literalmente, também seria uma ótima opção. @4thefirstime

  • Marcelo

    Sem dúvidas eu iria reunir o máximo de pessoas possíveis para tentar viver deste apocalipse,familiares e desconhecidos.Iria procurar um Hipermercado onde todos pudessem viver por bastante tempo com tranquilidade,usaria a técnica do TWD como ,ter um líder e todas as pessoas sendo equipadas com varias armas para sobreviver dos walkers. Reuniria bastante produtos para uso médico e reuniria jogos livros em geral para que as pessoas não fiquem loucas sem ter o que fazer.
    Instagram:marcelotwdbr

  • Weltony Miranda

    Reunir familiares/amigos conseguir suprimentos,remédios e armas se abrigar em um local afastado da cidade onde tenha morros dificultando os walkers,fortificar o lugar tornar uma pequena comunidade o mais rápido possível,ensinar os sobreviventes a usar armas tornar o grupo forte aliás nunca estamos seguros e que saibam tomar banho gelado ou fiquem sujos igual o Daryl.Ser um líder badasss preparado para qualquer tipo de ameaça . Instagram: @weltonymiranda

  • Greice Negrini

    Em primeiro lugar eu correria pelada pela rua. Sei que é louco mas ninguém ia perceber mesmo já que todo mundo ia estar gritando de pavor. Depois ia cortar um poster com a cara do Daryl e fazer uma máscara. A chance de me tornar famosa e temida ia ser bem maior. Obviamente juntaria alguns amigos que assistem a TWD como eu e rir deles porque é como sempre digo: “assiste a todos os episódios do seriado e ama zumbis, mas em um apocalipse ia se fascinar tanto que ia ser o primeiro a morrer.”
    @blogandolivros

  • Eu provavelmente procuraria a minha mãe, porque ela é mestre em camping e sobrevivência na selva. Depois disso juntaria namorado e amigos para iniciarmos uma longa jornada de busca de alimentos, produtos industrializados e um lugar seguro. @vaalpb

  • Eu tentaria buscar um local seguro como Alexandria ou o Presídio, buscando estar acompanhado de pessoas fortes como Rick ou o Daryl. Meu Instagram é: anderson_aasilva

  • Day ♡

    Não iria pensar nem duas vezes para pegar o máximo de coisas nos Supermercados e Farmácias, montaria um grupo e praticaria o que aprendi com a série! Ah, e com certeza levaria todos para o condomínio de empresas onde trabalho. Lá é um ótimo lugar para refúgio e aperfeiçôo essa ideia todos os dias, sinceramente estou preparada! kkk @Dayanaasiilva

  • Bruna Santos

    Eu iria pegar algo para me defender, sempre procurar por água e alimentos .E tentaria ser ligeira e ficar no alto. E também iria atrás de delegacias ou lugar militar atrás de armas suprimentos e sobreviventes.
    instagram: @brusnapaula
    twitter: @thewalkgdead

  • Marianna Rosa

    Eu iria reunir um grupo de pessoas que confio, tentaria pegar o máximo de suprimentos possíveis, incluindo armas e procuraria uma ilha deserta, mas habitável.
    Twitter: @Mari_Preguinho
    Instagram: @maripreguinho

  • Netinho Rangel

    Faria um manual de sobrevivência para mim e minha equipe para podermos seguir em frente ao apocalipse

    1ª regra do apocalipse zumbi: Zumbis nunca andam sozinhos, por isso se você ver um, fuja antes que ele chame amigos, você também pode matá-lo, mas saiba que logo apareceram mais;

    2ª regra: se for matar um zumbi, atinja na cabeça. Esse é o seu ponto fraco;

    3ª regra: Nunca acredite na primeira chamada sobre um centro de refugiados, vai acabar se fudendo;

    4ª regra: Quando estiver em perigo nunca espere um herói do nada para te salvar, vai acabar se fudendo se continuar pensando desse jeito;

    5ª regra: Quando for fugir de zumbis é bom que esteja sozinho, caso contrário sempre alguém vai acabar caindo do nada e fudendo todo mundo;

    6ª regra: Em um apocalipse zumbi, evite ficar nas cidades, elas acumulam grande número de zumbis e você pode se dar muito mal por isso;

    7ª regra: Nunca confie em uma pessoa que tem informações demais;

    8ª Não se pode sobreviver sendo o mocinho.

    9ª regra: Primeiro procuramos uma pessoa. Após 72 horas, procuramos um corpo;

    10ª regra e mais importante num apocalipse zumbi: Nunca se distraia demais em meio a um apocalipse zumbi, procure apenas sobreviver e deixe o resto para depois;

    @grilorangel

  • Taciana

    Primeiramente eu entraria em pânico e todos da minha família jogariam em minha cara que a culpa é dos fãs de TWD. Logo depois tomaria as providências básicas: buscar alimentos, medicamentos, armas. Ao final, esconderia-me, torcendo arduamente para algum Rick Grimes da real life me resgatar e liderar meu grupo de uma forma nada democrática, afinal ~this isn’t a democracy anymore~. Instagram: tacirioss Twitter: bigbaldgirl

  • Giulie

    Primeiro eu precisaria de um Daryl na minha vida, o que seria difícil. Segundo, procuraria suprimentos nos mercados da redondeza e voltaria para casa, pois mesmo acompanhando a série, não saberia o que fazer. Já me imagino como uma walker ?.
    Instagram: @giulierafaela

  • Juliana

    Bom, logo assim que a notícia que o mundo está sendo habitado não só pelos vivos mas também pelos mortos-vivos fosse divulgada, eu ficaria em choque mas depois que eu visse que: Okay está acontecendo, eu iria ficar em casa com a minha família, sem fazer barulho para que ninguém descobrisse que estávamos lá e conforme as coisas “fossem acalmando” aí sim eu sairia de casa para achar um lugar sem muitas casas, para evitar que o meu novo vizinho seja um walker, e armas e suprimentos para poder sobreviver nesse “new world”.
    Instagram: jufloresfer
    Twitter: Juliana_Flores

  • Carol Caceres

    Iria tentar reunir minha família e amigos, ir atrás de suprimentos e armas e tentar achar uma espada igual a da Michonne e me virar no samurai igual o Morgan e procurar um Rick Grimes, pq eu e o mundo irá precisar dele. Insta: @acarolcaceres

  • Vitoria Suzuki

    Além de ficar com meus familiares e amigos, conseguir suprimentos e armas, ir para Atlanta encontrar os atores da série… afinal eles tem experiencia nisso.
    Insta: @viviih_suzuki


2010-2016 | Walking Dead Brasil - Sua maior e melhor fonte brasileira sobre The Walking Dead.