ATENÇÃO: Esta página contém SPOILERS.

→ Página de informações sobre o personagem Andrea da História em Quadrinhos. Para informações sobre o personagem Andrea da Série de TV, confira Andrea (TV).

Andrea é personagem da série de quadrinhos criada por Robert Kirkman, The Walking Dead. Sua primeira aparição ocorreu na edição número 3, lançada em 2003 pela Image Comics. Sendo uma das mais fortes sobreviventes de toda a série, é conhecida pelo seu talento com armas de fogo, e pelo seu atual relacionamento com Rick Grimes.

Sendo uma dos membros principais do grupo de Atlanta, Andrea teve uma jornada difícil. Logo no início da epidemia, perdeu tragicamente sua irmã em um ataque zumbi, tendo que matá-la por misericórdia. Com o passar do tempo, estabeleceu uma relação amorosa com Dale, mas perdeu o namorado tragicamente para um grupo de canibais. Mais tarde, tornando-se fria e calculista, virou atiradora oficial de Alexandria, e criou um relacionamento amoroso com Rick Grimes.

PERFIL DO PERSONAGEM:

Nome: Andrea
Status: Viva
Sexo: Feminina
Idade: 25 anos (Edição 2) | 29 anos (Edição 127)
Ocupação: Secretária de advocacia (Pré-Apocalipse) | Atiradora e vigia de Alexandria (Pós-Apocalipse)
Família: Amy (irmã, falecida) | Dale (namorado, falecido) | Ben (filho adotivo, falecido) | Billy (filho adotivo, falecido) | Rick Grimes (namorado)
Primeira Aparição: Edição 2
Última Aparição: –
Interpretado na Série de TV por: Laurie Holden

RESUMO DA JORNADA DE ANDREA:

A VIDA PRÉ-APOCALÍPTICA | OS PRIMEIROS DIAS DA INFECÇÃO

Andrea se formou na faculdade e trabalhou como secretária em um escritório de advocacia. Ela tinha uma irmã mais nova chamada Amy, que era dois anos mais nova. Alguns dias antes da epidemia global, estava voltando de viagem com sua irmã – que ia para a faculdade. De acordo com ela, a viagem visava um melhor relacionamento entre as duas, já que este sempre foi um assunto muito discutido na família.

Ao longo do caminho, o carro de Andrea quebrou e ela teve que parar no acostamento da estrada. Quando souberam sobre os primeiros relatos do ataque zumbi, Andrea e Amy foram salvas por Dale, que as levaram em segurança para uma área mais retirada de Atlanta, onde formaram um acampamento.

DIAS PASSADOS

No acampamento de Atlanta, Andrea não preferiu ajudar com o trabalho doméstico, preferindo cuidar das crianças ou apenas passar o tempo no trailer de Dale – algo que nunca agradou Donna, uma das sobreviventes.

Embora ela provou ter um bom manuseio de armas durante uma sessão de tiros, Andrea era mais tímida e introvertida que a irmã. Sua situação foi agravada após Amy morrer nas mãos de zumbis durante um ataque ao acampamento, onde ela foi forçada a atirar na cabeça da mesma para evitar a reanimação.

Depois de enterrar Amy, Andrea estava mergulhada em uma profunda depressão e ficou longe de todos e trancada no trailer durante o luto. Dale permaneceu ao seu lado durante este tempo difícil e ajudando-a a superar a perda.

CAMINHOS TRILHADOS

Dale e Andrea se tornaram mais unidos e começaram um relacionamento romântico, que terminou depois deles deixarem o acampamento. Quando o grupo se instalou no condomínio Wiltshire Estates, a mulher teve seu primeiro envolvimento sexual com Dale.

Durante a estadia do grupo na Fazenda Greene, após o condomínio ter se revelado uma armadilha e Carl ser atingido por um disparo acidental, Andrea ficou preocupada com a atitude depressiva de Allen – que perdera a esposa um dia antes -, e os dois tiveram uma grande briga. Depois de ser expulsos do local por Hershel, Andrea junto com Dale, descobriu uma prisão abandonada.

SEGURANÇA ATRÁS DAS GRADES

Andrea se ofereceu ativamente para ajudar Rick e Tyreese para limpar a prisão dos mortos-vivos que invadiram e, assim, provou ser uma adição importante do grupo, conseguinte tornando-a uma poderosa sobrevivente.

Após a brutal morte das irmãs gêmeas Greene, pelas mãos de um psicopata desconhecido, Andrea foi atacada pelo assassino que tentou decapitar as mulheres, mas, felizmente, escapou para buscar ajuda. O ataque de Thomas Richards trouxe consequências físicas para a mulher, uma vez que recebeu um corte profundo no rosto que deixou uma grande cicatriz e também sem uma parte do lóbulo da orelha.

DESEJOS CARNAIS | A MELHOR DEFESA | VIDA DE AGONIA | CALMARIA

Depois de ajudar a matar os últimos walkers que foram trancadas dentro da prisão, Andrea forneceu a todos novas roupas – uniformes alaranjados da lavanderia, e provou também ser uma ótima costureira.

Quando Allen mortalmente ficou doente após Rick amputar uma de suas perna para o salvar da infecção zumbi, Andrea ficou ao seu lado cuidando dele e fez as pazes com o homem. Este pediu desculpas a ela pela maneira como tinha a tratado mais cedo e, finalmente, pediu-lhe para tomar conta de seus filhos quando ele morrer. Andrea acompanhou Allen durante seu leito de morte e, finalmente, quando ele morreu, ela e Dale começou a cuidar dos gêmeos (Ben e Billy) que tinham ficado órfãos.

Depois de Rick, Glenn e Michonne irem investigar um acidente envolvendo um helicóptero que caiu perto da prisão, Andrea ficou muito preocupada com eles e estava prestes a ir procurá-los, sendo impedida por Tyreese.

Quando a prisão foi invadida por uma horda depois de um dos portões ficarem abertos, Andrea e Dale foram trancados no trailer quando a situação tornou-se insustentável e, em seguida, quando Rick e os outros voltaram e começaram a disparar contra as criaturas, ela e seu namorado saíram do esconderijo e ajudaram a eliminar a ameaça zumbi.

Então, Andrea esteve presente na reunião organizada por Rick, onde o homem disse-lhes o que tinha passado nas mãos do Governador e alertou sobre uma possível guerra com o povo de Woodbury.

Sob ordens de Rick, treinou o grupo para manusearem as armas de fogo.

Quando o grupo percebeu que as armas que tinham não seria suficiente, Andrea acompanhou o grupo para buscar mais munição em lugares próximos à prisão e durante a viagem começou a passar mais tempo com Tyreese. Ela e o homem estabeleceram uma amizade gigantesca, que começou a ser desaprovada por Dale.

Quando Dale perdeu uma perna depois de ser mordido por um walker, o ciúme pela crescente relação entre Andrea e Tyreese se tornou mais forte e, finalmente, o homem disse à mulher que iria ficar acabar seu relacionamento para que ela pudesse começar algo com Tyreese. Andrea deixou claro que ela o amava e, finalmente, reafirmou o seu amor, dando-lhe uma prótese para substituir a perna dele que ela e Tyreese fabricaram em seu tempo juntos.

NASCIDOS PARA SOFRER

Durante o ataque do Governador à prisão, Andrea teve um papel fundamental e foi a que causou pânico entre a guerra contra o grupo inimigo. Durante o tiroteio, Andrea sofreu um tiro de raspão na cabeça, mas foi socorrida por Alice Warren.

Após isso, ainda em meio ataque, Andrea e Dale fugiram no trailer com os gêmeos Ben e Billy, e Sophia Peletier.

Apesar de ter escapado, Andrea, do telhado do trailer, atirou na mão direita do Governador, quase perdendo a vida no processo. Com trailer destruído e a prisão também, Andrea foi forçada novamente a escapar.

AQUI PERMANECEMOS | O QUE NOS TORNAMOS | SOB A MIRA DOS CAÇADORAS 

Após a fuga do ataque, Andrea e outros membros do grupo que escaparam mantiveram refúgio no que restou da Fazenda Greene, e depois se reagruparam com Rick, Carl e Michonne, ficou extremamente feliz em ver parte dos amigos vivos.

No entanto, a mulher começou a ter desconfiança sobre três estranhos que apareceram na fazenda procurando munição, ela não hesitou e apontou a espingarda para forçá-los a sair. Embora Andrea foi grotescamente desarmada pelo sargento Abraham Ford, ouviu atentamente as palavras do homem sobre uma possível esperança em Washington, D.C., e, finalmente, quando o grupo decidiu embarcar em uma viagem para o local, ela os acompanhou.

Na jornada a Washington, Andrea sentiu-se bastante a ausência do trailer e ficou mais do que feliz em encontrar uma van abandonada cheio de colchões que poderiam servir para o momento.Quando Rick, Abraham e Carl viajaram para Cynthiana, Kentucky, em busca de armas e, temporariamente deixaram o grupo, Dale encontrou uma casa abandonada que parecia ser bastante segura e tentou convencer Andrea para ficar e viver no tal local com os gêmeos.

Dale aproveitou para expressar sua intenção de começar uma nova vida com sua família, mas Andrea não concordou com a ideia e se recusou a deixar o resto de sua nova família.

Quando Ben assassinou seu irmão a sangue frio e sem compreender a magnitude do ato, o grupo começou a debater o que fazer com a criança, fazendo com que Andrea ficasse completamente contra a ideia de assassinar Ben e repreendeu a todos para o que eles estavam pensando.

Após Ben ser assassinado por alguém “misterioso” do grupo, Andrea ficou abalada, mas de alguma forma entendeu que ele era o melhor. Ela apoiou Dale, que foi completamente devastado pela morte de seus filhos, e, finalmente, quando o homem desapareceu misteriosamente uma noite, ficou muito assustada com o que poderia ter acontecido.

Andrea se esforçou para encontrar o homem. Depois de chegar na igreja do Padre Gabriel, Andrea começou a rezar pedindo que seu namorado estavesse bem e, finalmente, quando Dale apareceu mutilado na igreja, não hesitou duas vezes para correr em seu auxílio. Depois de saber que Dale tinha sido mordido por um errante e que também tinha sido vítima de caçadores canibais que tinham o mutilado, ela acompanhou Rick e alguns outros para se vingar contra os bandidos, sendo que depois voltou para a igreja, onde permaneceu ao lado de Dale durante seu leito de morte. Quando terminaram a última despedida, Andrea evitou a reanimação do amado.

CERCADOS PELOS VIVOS | INDO LONGE DEMAIS

Andrea continuou a viagem para Washington com o grupo e começou a usar o chapéu de Dale em sua memória. Depois de saber que toda a questão do refúgio seguro em Washington foi uma invenção de Eugene para evitar ser abandonado, Andrea estava desesperada e furiosa como todos, até que um homem chamado Aaron apareceu e ofereceu-lhe para se juntar a sua comunidade de sobreviventes.

Andrea desconfiou das intenções do homem como Rick, e em seguida, confessou ao policial que o grupo era tudo o que tinha lhe restado, e entre lágrimas, disse que iria segui-los onde quer que fosse.

Depois de chegarem na Zona de Segurança de Alexadria, Andrea ficou muito surpreendida como o lugar era civilizado e bem vigiado. Depois de se instalar no local, demorou para se encaixar em qualquer um dos trabalhos que foram oferecidos, mas, finalmente, graças às palavras de Rick, recebeu o trabalho de ficar de guarda nos muros da comunidade. Durante este tempo, Andrea começou a conversar e sair com Spencer, mas, incapaz de esquecer seu amado Dale, foi incapaz de beijar o rapaz, porque ela não se sentia pronta para começar um novo relacionamento.

Durante um funeral que foi realizado para aqueles que morreram em um incidente dentro da comunidade, Andrea ficou reprimida por lembranças de Dale. Mais tarde naquele dia, salvou Rick de alguns ladrões, os Catadores, que ameaçavam a comunidade. Com tais eventos tendo ocorrido, aceitou ficar de guarda na torre do sino.

SEM SAÍDA | REDESCOBERTAS

Nós nos encontramos

Atraídos pelo barulho vindo da comunidade, uma vasta multidão de mortos-vivos invadiu Alexandria, fazendo com que Andrea ficasse presa na torre do sino onde estava de guarda. Sem comida e isolada de todo mundo por um dia, Andrea foi, felizmente, auxiliada por Glenn, Heath e Spencer, que vieram até ela com suprimentos. Com os rapazes, Andrea começou a elaborar um plano para tentar ajudar aqueles que estavam dentro da zona de segurança, mas quando Spencer tentou convencê-la a fugir e abandonar tudo, a mulher ficou bastante irritada com ele e acabou brigando com o homem.

Felizmente, Andrea e os outros sobreviveram à invasão de zumbis e também ficaram muito surpreendidos quando viram os moradores da comunidade lutando para combater a ameaça.

Após o evento, ajudou a limpar a comunidade dos corpos que foram deixadas e começou a passar mais tempo com Rick para apoiar a condição delicada de Carl, que fora atingido na cabeça por um tiro acidental. O vínculo entre os dois foi reforçada durante este tempo e ambos começaram a se sentir mais perto do que nunca.

Depois de Carl começar a melhorar, Andrea continuou a apoiar Rick a e até mesmo o confortou quando o viu chorando inconsolável pela insensibilidade mostrando ao filho tudo o que estava acontecendo.

Finalmente, depois de alguns incidentes com os membros da comunidade, Andrea ofereceu seu ombro para Rick muito sobrecarregado, que confessou que se sentia como se tivesse morrido há muito tempo. Andrea encontrou a ocasião perfeita para mostrar ao homem os seus sentimentos e, em seguida, respondeu que talvez fosse a hora de retornar à vida e se lançou sobre ele para beijá-lo. Rick não rejeitou o avanço da Andrea e, em seguida, os dois acabaram se beijando apaixonadamente.

UM MUNDO MAIOR | ALGO A TEMER | O QUE VEM A SEGUIR | MARCHA PARA A GUERRA

Um mundo maior

Embora Rick tivesse respondido ao beijo, o policial decidiu que não poderia estabelecer alguma coisa com Andrea, e disse que não queria que ela tivesse o mesmo destino das outras que amava, que acabaram mortas e, em seguida, a mulher teve que resignar-se a permanecer apenas amigos.

Andrea decidiu que era hora de reconstruir suas vida. Culpada por seus sentimentos por Rick, Andrea sentiu que ela estava traindo a memória de Dale e começou a conversar com seu chapéu para ajudar a aliviar a culpa, e, em seguida, explicou o que estava acontecendo com ela. Após ser honesta consigo mesma, a mulher decidiu que era hora de deixar o passado para trás e, em seguida, abandonou o chapéu de seu antigo namorado, como uma maneira de acabar com o seu pranto e começar uma nova vida.

Andrea continuou relativamente perto de Rick, e quando ele decidiu deixar a zona de segurança para investigar outras supostas colônia de sobreviventes, se ofereceu para acompanhá-lo insistentemente. Ela fazia parte do grupo que Rick levou para o Colônia Hilltop, e também ficou bastante surpresa ao ver tantas pessoas vivas e vivendo em uma sociedade civilizada.  Lá, Rick revelou que tinham feito um pacto com o líder da região para mantê-los seguros de alguns bandidos que ameaçavam atacar a comunidade. Apesar de não sentir-se bem com a situação, Andrea não hesitou em falar a verdade para o homem.

Ao voltar para Alexandria, Andrea lentamente foi convencendo o otimismo de Rick sobre o futuro que os aguardava. Sabendo que Rick combinava com seus sentimentos, ela continuou também a tentar formalizar um relacionamento com o policial, até que finalmente os dois acabaram tendo a primeira relação sexual. Depois de uma parte de um grupo inimigo tirarem a vida de Abraham em vingança pelo que Rick e seus companheiros tinham feito, Andrea ofereceu seu apoio ao policial para aliviar sua culpa e também foi morar com ele para se sentir protegida. Quando Rick decidiu ir em busca de apoio contra os novos inimigos na Colonia Hilltop, revelou para a mulher que ela não deveria acompanhá-lo, deixando a Zona Segura em suas mãos.

Andrea obedeceu as ordens do policial e permaneceu vigiando os portões na sua ausência. A decisão de Rick provou ser um sucesso quando os Salvadores atacaram a comunidade durante este tempo, mas graças à liderança de Andrea, a ameaça foi acabada e também conseguiu capturar um dos bandidos.

Após Rick voltar para a comunidade com a notícia da morte de Glenn nas mãos de Negan, ordenou libertar os prisioneiros que ela tinham capturado assim para evitar mais problemas, fazendo com que a mulher fosse a primeira a se opor e, quando Rick decidiu render-se aos Salvadores, foi uma dos muitos que ficaram zangadas com o líer por esta decisão.

Ainda furiosa com a decisão, Andrea decidiu fazer as malas e deixar a casa que tinha compartilhado com Rick e Carl. Um dia depois, testemunhou a chegada do grupo imprudente dos Salvadores e da forma como o seu líder infame humilhou Rick.

Após o estranho desaparecimento de Carl, Andrea com outros moradores da comunidade começaram a procurar o pequeno ao redor da zona de segurança. Encontrando-se rodeados por caminhantes, Andrea propôs para Rick voltar e continuar a procurar no dia seguinte, para o qual ela recebeu uma resposta negativa. A mulher conseguiu salvar Nicholas de ser mordido por um dos mortos-vivos e, em seguida, retornou para Alexandria com Rick e os outros. Tarde da noite, enquanto dormia na companhia do líder Grimes, foi obrigada a levantar-se e dirigir até onde supostamente haviam encontrado o refúgio de Carl. Ela se ofereceu para encontrar um ponto alto para atirar nos Salvadores caso as coisas saírem do controle, mas Rick disse-lhe para não fazer nada violento. No entanto, para atender Negan, Andrea testemunhou a luta que ocorreu entre o líder dos Salvadores e seu namorado. Quando tudo ficou calmo, a mulher voltou para Alexandria, e ouviu as palavras do policial e, em seguida, perguntou sobre Carl. À noite, Andrea estava na reunião entre Rick e Jesus, e ouviu a proposta deste último sobre o encontro de Ezequiel.

Quando Rick se uniu com Jesus buscando a aliança de uma comunidade amiga da Colonia Hilltop, Andrea permaneceu no comando da zona segura. Quando Rick retornou d’O Reino, Andrea foi informada sobre tudo o que tinha acontecido lá.

Na manhã seguinte, Andrea foi chamada por Rick, juntamente com alguns outros habitantes da área segura para ir até o Reino. Uma vez dentro do local, Andrea foi surpreendida pela presença do mascote de Ezequiel e depois testemunhou Michonne ser agredida verbalmente e ameaçar o líder da comunidade com sua katana.

Logo, os preparativos para uma iminente guerra deixavam Andrea tensa e preocupada.

GUERRA TOTAL: PARTE 1 | GUERRA TOTAL: PARTE 2

all out war1

Com tudo que estava acontecendo, Andrea decidiu ficar na casa de Rick para lhe confortar. O líder chegou a informar que o melhor a ela fazer era ficar descansando e cuidando da Zona Segura, juntamente a Carl. Após isso, a mulher falou com Carl sobre sua falta de sono.

Visando a melhora da nova madrasta, Carl diz que o melhor a se fazer é dormir. Após o descanso, Andrea se reuniu com os outros na igreja para discutir o seu plano para quando Negan atacar a zona segura. Logo depois, Negan chegou com seu exército para atacar Alexandria. Andrea, juntamente com Carl, se esconderam na casa de Rick, tentando ficar longe das granadas que foram jogadas para dentro da comunidade. O filho do policial tentou sair para ir ajudar seu pai, mas Andrea o impediu.

Ela informou que eles vão ajudá-lo, uma vez que é mais seguro do lado de fora. Durante os bombardeios, Rick conseguiu pegar Andrea e Carl, e levá-los para um lugar mais seguro, mas por pouco uma granada não os atingiu. Andrea e Rick saíram sem complicações, enquanto Carl ficou atordoado com a explosão. Os dois pegaram Carl e levaram-o para Denise Cloyd, que trabalhava na perna ferida de Heath. Logo depois, Rick começou a desmaiar, e Andrea pegou ele antes que ele pudesse atingir o solo.

Andrea se sentou ao lado de Rick quando ele estava na enfermaria. Mais tarde, ela foi para fora com Rick olhar os danos após o ataque dos Salvadores em Alexandria. Quando Rick começou a se culpar pelas mortes e destruição, Andrea lhe assegurou que tudo o que estava feito, estava justificado, e o melhor a se fazer era parar de pensar dessa forma.

Andrea aproveitou para levar Rick de volta para sua casa para arrumar suas coisas, já que ele decidiu que todos deveiam deixar Alexandria e irem para Hilltop. Depois de alcançar Hilltop, Andrea ficou no topo das paredes para explorar a área. Rick se juntou a ela até lá e decidiu dormir lá em cima ao lado dela. A mulher lhe assegurou que o acordaria antes de qualquer ataque.

Na manhã seguinte, Rick estava dormindo no colo de Andrea. Ela o acordou para informá-lo de que não haviam sinais de Salvadores, e ela tinha conseguido obter alguns minutos de sono depois que seu turno havia terminado. Rick disse para ela ir e descansar, e para verificar o Carl enquanto ela estava caminhando nessa direção. Quando outro ataque dos Salvadores aconteceu, Andrea atirou em vários membros do grupo.

Quando Rick se feriu, Andrea ficou o tempo todo ao seu lado, temendo sua morte.

Tempo depois, ela disse a ele que sua testa está quente. Rick agarrou a mão de Andrea e disse que eles não vão morrer. Mais tarde, ela acompanhou o líder pelas paredes e foi instruída a ficar lá para estar pronto a disparar quando estiver pronta.

Em uma forma de despedida, Andrea deu um abraço em Rick e Carl.

NOTA: Coincidentemente, o abraço dado entre os três relembra muito o de Rick, Lori e Carl ainda na prisão, durante o ataque d’O Governador.

 

Depois de Rick cortar a garganta de Negan e ele aborda-lo, Andrea reuniu um grupo de atiradores nos muros, conforme instruções da Maggie. Andrea assistiu com horror como Negan quebrou a perna de Rick. Quando Dwight ameaçou ir contra o ex-xerife, Andrea apontou a arma contra ele.

O fim da guerra foi enfim, declarado. Andrea acreditou que Negan deveria ser executado publicamente, como encerramento para as coisas que  tem feito. No entanto, em última análise, Rick decidiu mantê-lo vivo e preso para o resto de sua vida, enquanto eles reconstruiriam a sociedade como antigamente. Era um novo grande passo para a humanidade inteira.

UM NOVO COMEÇO | SUSSURROS E GRITOS

Em um salto temporal de dois anos, Andrea ainda está com Rick – em um relacionamento ainda mais forte do que antes, e agora Carl a chama de “mãe”. A mulher é tratada como se fosse a segunda esposa de Rick, e juntos, formam uma vida nova. Ela também colabora em deixar Alexandria mais pacífica, e chega aceitar um novo grupo de sobreviventes, liderados por Magna.

Quando o grupo de Magna apresentou dúvidas sobre o local, Andrea contou tudo que havia acontecido. Ela explica o que aconteceu com o olho de Carl, seu relacionamento com Rick e o filho, dos ataques, o destino dos Salvadores, e Negan. Andrea vai pegar café, assim como Jesus vem à sua porta. Ele está pronto para atacar o grupo de Magna, mas Andrea diz que eles estão bem.

VÍTIMAS:

Esta lista mostra as vítimas que Andrea matou:

• Amy (Por misericórdia)
• Bruce Allan Cooper
• Sam
• Curtis
• Carol (Por misericórdia)
• Simmons
• Johnny Aldridge
• Ronnie
• Jake
• Alex
• Evan
• Andy
• Gabriel Harris
• Gus Strank
• Chris
• Theresa
• Albert
• David
• Greg
• Charlie
• Dale Horvath (Por misericórdia)
• Derek
• Seth
• Connor
• Membros dos Salvadores
• Grande quantidade de zumbis

CURIOSIDADES:

• Andrea é uma das sobreviventes mais antigos ainda vivos, os outros são Rick, Carl, Sophia e Maggie.
• Na sua versão televisiva, a personagem de Laurie Holden faleceu na terceira temporada.
• Andrea foi a personagem que mais matou membros de Woodbury.
• Na página oficial da série, uma foto da Amy é usada para sua página do personagem, ao invés dela.
• Com o decorrer da trama nos quadrinhos, as características físicas de Andrea, curiosamente, passaram a lembrar muito mais os primeiros desenhos de Amy.