3ª Temporada de The Walking Dead vai Surpreender MUITO

Rafael
2 anos ago - 21 de março de 2012

ATENÇÃO: Se você não viu o último episódio da segunda…

5

ATENÇÃO: Se você não viu o último episódio da segunda temporada de The Walking Dead, não ande, corra para a saída mais próxima! A entrevista a seguir com o produtor Robert Kirkman contém spoilers massivos.

 

The Walking Dead fechou sua segunda temporada no domingo a noite com um par de mortes (descansem em paz Patricia e Jimmy), uma revelação que irá mudar o jogo (Jenner realmente sussurrou para Rick que todos estão infectados), uma introdução de um personagem principal (Michonne!) e a confirmação do cenário da terceira temporada (a prisão!). Ah, e Rick finalmente começou a encarnar seu badass interior! Abaixo, o produtor executivo Robert Kirkman fala sobre os momentos mais memoráveis do episódio espetacular e promete uma terceira temporada que será muito mais surpreendente do que a segunda temporada.

TVLINE: Então, Patricia e Jimmy foram dispensados. Isso foi por que eles eram simplesmente os personagens mais descartáveis nesse ponto?

Nós nunca tratamos um personagem como descartável, nem tratamos a morte de um personagem como sendo algo de variada importância. Isso foi muito sobre esses dois personagens que viveram nessa fazenda durante praticamente todas as suas vidas. Hershel era muito ligado à fazenda, e perder a fazenda e essas pessoas ao mesmo tempo vai significar muito para ele – assim como para Maggie e Beth – na terceira temporada. É uma pena perder Jimmy e Patricia, mas todas as mortes dos personagens vão ter ramificações para todos os outros que continuam e cada uma delas é importante de alguma forma.

TVLINE: Qual personagem sobrevivente se salvou da fazenda por um triz. Em outras palavras, você chegou perto de matar mais alguém e mudou de idéia na última hora?

Isso vai parecer relutante, e eu peço desculpas por isso, mas quase que todos eles. Uma das coisas que sempre foi importante para mim com a série de quadrinhos de The Walking Dead é que você está sempre querendo se livrar de todos os personagens a qualquer momento se isso for bom para a história. Eu sempre tentei não criar vínculos com nenhum dos personagens. E também, teve vezes que eu tinha grandes histórias criadas para alguém, mas no momento pareceu ser a coisa certa se livrar completamente do personagem. E agora que estamos avançando mais e mais a fundo na série, e nós estamos conseguindo contar as histórias praticamente de mais risco– tudo pode acontecer quando nos sentamos na sala dos escritores. Tem algumas coisas muito assustadoras e loucas que nós discutimos. E todo personagem, em algum ponto, nós já conversamos sobre, “Agora? Depois? Quando nós vamos fazer isso?” É uma série perigosa.

TVLINE: Alguns fãs estavam resmungando sobre como tiveram longos trechos nessa temporada sem nenhuma sequência importante de zumbis. Vocês estavam apenas guardando seu orçamento de zumbis para o final?

Isso realmente tem a ver com a história. Se você escutar música no volume máximo o tempo todo, eventualmente isso vai virar algo calmo para você; você se acostuma. Nós fazemos histórias que não tem um monte de zumbis então quando aparecerem muitos zumbis é muito mais destoante e aterrorizante. Se nós tivéssemos cinco zumbis em cada episódio que fizessem cinco coisas legais, eventualmente se tornaria algo uniforme. Então nós temos que destacar isso, mostrar isso para você, te deixar aterrorizado e então tirar isso e assistir os personagens reagirem ao que eles acabaram de passar… acalmar a audiência com uma falsa sensação se segurança. Claro que tem um orçamento – eu digo, é TV. Mas a série é estruturada de uma forma que nós sabemos o que está por vir e sabemos quando mostrar nossas cartas e quando segurá-las. É tudo parte de um plano maior.

TVLINE: Vamos falar sobre Rick. Enquanto eu assistia seu grande discurso para o grupo, não consegui decidir se ele era um homem no meio de um surto psicótico ou alguém que finalmente, por falta de um termo melhor, está virando homem. Qual desses foi para você?

Eu gosto de pensar sempre que poderia ser meio a meio. Esse mundo definitivamente cobra muito de você. Rick acabou de assassinar seu melhor amigo, sua mulher parece estar enojada dele e, ao invés de falar, “Nós estamos com medo – o que vamos fazer?” ele é forçado a esse papel de liderança e, no final do episódio, nós vemos que ele está assumindo isso e que está afetando ele. E ele está ficando mais sombrio. Está dizendo, “Ei, você quer que eu seja o líder? Tudo bem. Eu vou ser o líder. Você não gosta disso? Se vire sozinho. Vamos ver como você se sai.” Ele está ficando mais duro com esse mundo. E a série vai ser sempre sobre se ele consegue ou não reter sua humanidade, ou se ele vai ou não se tornar um monstro inveterado que na verdade só existe para proporcionar a sobrevivência para ele e sua família.

TVLINE: A repulsa de Lori por Rick ter matado Shane me deixou um pouco confuso. Alguns episódios atrás ela não fez tudo para Rick acabar com ele?

Muita dessa raiva que ela está expressando poderia ser direcionada a ela mesma. Eu acho que ela se sente parcialmente responsável por ter mandado esses dois homens nesse caminho. Aquele foi o momento em que ela descobriu que Shane estava morto. E ela não só descobriu isso, mas que seu marido que matou o cara! Ele era um amigo da família. Ele era o cara que costumava vir nos fins-de-semana, assistir futebol na casa deles e coisas do tipo. Foi um momento realmente sentimental que irá deixá-la um pouco louca. Ter que lidar com essas emoções e olhar para o cara que causou essa situação, ela não vai estar pensando, “Ah é, eu que causei isso. Eu deveria me acalmar.” Ela tem essas emoções e não sabe o que fazer com elas.

TVLINE: O que ter Andrea isolada do grupo vai fazer para você do ponto de vista da história indo para a próxima temporada – e nós vamos tê-la brigando com Michonne num segundo.

Andrea teve uma história realmente interessante na segunda temporada. Nós começamos com ela de certa forma suicida e triste que Dale não a deixou ficar no CDC e morrer. E ao longo da temporada, nós mostramos a ela um motivo para viver, e também achar os meios para sobreviver a qualquer custo. No final da temporada nós a colocamos em teste. Ela está por conta própria. Ela está para todos os efeitos na maior situação de perigo entre todos do grupo no final do episódio. E nós vamos explorar um pouquinho mais disso na terceira temporada. Mas apenas por colocá-la nessa situação de pressão e ver como ela se sai e como ela vai fazer para sobreviver vai ser algo interessante de se seguir na terceira temporada. Nós temos bastantes coisas legais planejadas para Andrea.

TVLINE: A introdução de Michonne foi um momento incrível, mas eu estou curioso: Por que você decidiu não mostrar o rosto dela? Isso foi apenas o problema de o papel não ter sido escalado ainda?

Nós pensamos que assim seria um pouco mais misterioso. Também, com o interesse de manter segredo dessas coisas, a escalação teria sido anunciada imediatamente. E por ser uma cena tão curta, nós não contratamos uma atriz, usamos um dublê. E quanto a como vai ser sua relação com Andrea, ela cortou fora a cabeça de um zumbi. Ela poderia facilmente esfaquear Andrea nos primeiros minutos da terceira temporada, então quem sabe como que essa relação vai ser?

TVLINE: Como que a versão de Michonne para a TV será igual/diferente da personagem dela dos quadrinhos?

Ela vai ser muito parecida com a personagem da HQ. A maioria dos personagens que foram colocados na TV são quase que exatamente iguais. Andrea é Andrea, Rick é Rick e Michonne vai ser Michonne. Agora, as histórias que vamos contar com ela vão ser de alguma forma diferentes. A série tem em grande parte seguido os quadrinhos, ela apenas tem algumas divergências de tempos em tempos e nós vamos definitivamente continuar isso na terceira temporada. Mas os fãs têm expectativas com Michonne, e eu posso dizer com todo meu conhecimento que essas expectativas vão ser alcançadas. Eles não têm que se preocupar.

TVLINE: Você sempre soube que a temporada iria terminar com a introdução dela? Você alguma vez considerou, talvez, em provocar ao invés com a chegada do Governador?

Tinham muitas ideias esparramadas. Não foi realmente planejado anteriormente ter Michonne aparecendo no final da temporada. Tenho que dar os créditos para Glen Mazzara. Ele veio para a sala dos escritores um dia e foi tipo, “Nós temos que adicionar essa cena. Isso vai ter muita força. Nós temos que criar isso. Vai ser ótimo. Vamos avançar e introduzi-la agora.” O plano original era segurá-la até a terceira temporada e então apresentá-la.

TVLINE: O episódio acabou com a confirmação de que a terceira temporada aconteceria na prisão. Não foi uma grande surpresa, mas ainda assim foi uma revelação muito legal.

O que eu realmente gosto da transição da segunda temporada para a terceira em oposição a da primeira para a segunda é que quando fomos para a segunda temporada existiam muitas coisas sem saber. Todas as perguntas eram, “nós vamos ver a fazenda? Eles vão seguir os quadrinhos?” E agora que estamos indo para a terceira, nós já vimos Michonne, nós já vimos a prisão. Nós sabemos que o Governador foi escalado. Então os fãs têm uma indicação clara de quais coisas podem esperar para a terceira temporada, para onde estamos indo e algumas das histórias que nós talvez iremos contar, se eles conhecerem os quadrinhos. Nossa terceira temporada será a melhor de todas até agora. Estou muito animado para começar. Na verdade é difícil para eu fazer entrevistas sobre a segunda temporada porque eu fico tipo, “Ah meu Deus, a terceira temporada vai surpreender muito mais do que essas coisas. Espere só para ver.” Nós estamos trabalhando na terceira temporada faz alguns meses. Nós estamos terminando a primeira metade e nós acertamos tudo em cheio. Mal posso esperar para que as pessoas a vejam.

TVLINE: Algum outro personagem principal além do Governador e da Michonne será incluído na terceira temporada?

Ainda têm algumas surpresas por vir. Nós não iríamos revelar tanto no nosso último episódio da segunda temporada se não tivéssemos muito mais para revelar na divulgação da terceira temporada, e no episódio com que a série começa. Têm muitas surpresas por vir.

TVLINE: Os 16 episódios da terceira temporada serão quebrados em duas partes?

Eu não sei se já está 100% confirmado, mas a ideia é fazer oito e oito. Assim vai ser quase como se estivéssemos fazendo duas temporadas por ano, o que é bem legal.


Fonte: TV Line
Tradução: Lily / Staff WalkingDeadBr